Descubra quando a gengivite evoluiu para uma periodontite

Tempo de leitura: 4 minutos

Quando um problema de saúde se manifesta, seja bucal ou orgânico, se ele não for tratado pode evoluir para quadros mais graves, desencadeando outras doenças. É exatamente isso que acontece com a gengivite, pois, quando ela não recebe o tratamento adequado, ela evolui para a periodontite. Mas como saber que isso aconteceu? É o que vamos responder neste artigo.

Continue lendo para conhecer as características e diferenças da gengivite e da periodontite, bem como os sinais de que a inflamação na gengiva já está afetando também os tecidos periodontais.

Saiba o que é gengivite e periodontite

A gengivite é um dos problemas bucais mais comuns. É uma inflamação que afeta os tecidos gengivais em suas bordas, ou seja, a porção mais próxima dos dentes. Ela é desencadeada pela presença de placa bacteriana ou de tártaro, que favorecem a proliferação desses microrganismos.

Eles se alimentam dos resíduos e liberam toxinas que provocam reações orgânicas, sendo a inflamação a resposta do corpo. Sem o devido tratamento, esse quadro evolui e começa a afetar também os tecidos periodontais, que são aqueles responsáveis por manter os dentes fixos na boca.

É nesse momento que a gengivite passa a ser chamada de periodontite, justamente porque chegou ao periodonto. Por ser mais agressiva do que a primeira, essa inflamação pode se estender para todos os dentes da boca, levando a quadros infecciosos que podem até ocasionar a perda dentária.

Veja os sinais de que a gengivite evoluiu para periodontite

Identificar a gengivite não é difícil, mesmo quando ela ainda está começando a se manifestar. Seu sintoma mais característico é o sangramento gengival, que acontece principalmente ao escovar os dentes e passar o fio dental. Também ocorre:

  • inchaço;
  • vermelhidão;
  • coceira ou formigamento;
  • mau hálito.

Sem a devida atenção, as bactérias continuarão se proliferando e a inflamação se estenderá até evoluir para periodontite. Nesse caso, os sintomas se tornam mais expressivos e outros acabam se manifestando. Veja a seguir os principais sinais de que a gengivite já afetou o periodonto.

Motilidade dentária

Como os tecidos estão inflamados, eles perdem a sua firmeza e os dentes podem ficar moles. Acontece, então, a perda de firmeza na hora de mastigar e, em casos mais severos, é possível balançar os dentes com a língua ou o dedo.

Aumento da sensibilidade

A periodontite também provoca o aumento da sensibilidade dentinária ao contato com alimentos e bebidas frios ou quentes demais. O mesmo ocorre com a ingestão daqueles que são ácidos, picantes e doces. O ar da respiração é capaz de desencadear sensações dolorosas, assim como os alimentos e bebidas.

Dentes alongados

Outro sinal da evolução da gengivite é a aparência mais alongada que os dentes podem assumir. Isso acontece porque, em função da inflamação, a tendência é a de que as gengivas fiquem retraídas, ou seja, elas encurtam, deixando a raiz dentária exposta. Essa também é uma das causas do aumento da sensibilidade.

Descolamento da gengiva

A posição adequada da gengiva é rente aos dentes, protegendo suas partes mais sensíveis. No entanto, por causa da inflamação, acontece de eles se soltarem do esmalte dentário, formando uma lacuna. Além de provocar a sensibilidade, esse espaço acumula resíduos de alimentos que podem tornar ainda mais grave o quadro de periodontite.

Mau hálito

Embora também seja um sintoma da gengivite, o mau hálito fica ainda mais intenso quando ela evolui para a periodontite. Isso porque a inflamação está mais severa e pode infeccionar, deixando o hálito com odor desagradável, constantemente.

Queda de dentes

A inflamação da periodontite ocasiona a perda do tecido periodontal. Isso significa que, aos poucos, ele perde a sua densidade e se torna insuficiente para manter os dentes fixos na boca. Sem essa base de sustentação, a motilidade aumenta cada vez mais até que eles simplesmente se desprendem da boca.

Percebeu como uma simples gengivite pode se tornar uma grande complicação para a sua saúde bucal? É por isso que você não pode ignorar os primeiros sintomas da inflamação e deve procurar um dentista o quanto antes, evitando que o quadro evolua para uma periodontite e que você acabe perdendo seus dentes.

Agora que você já sabe identificar o problema, leia nosso artigo sobre como entender as causas da periodontite e descobrir os tratamentos.

Sobre Dr. Francisco

Dr. Francisco de Oliveira Castro
Dentista avaliador na clínica Vital Implantes.
CRO-DF 9447
Graduado em 1997 pela FELA-INCA/UEMG;
Pós-graduando em Implantodontia na EAP-ABO de Campo Belo - MG.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *