Como escovar os dentinhos dos bebês?

Tempo de leitura: 6 minutos

Dar conta de todos os cuidados com a saúde e a higiene do bebê não é uma tarefa fácil para os pais, ainda mais os de primeira viagem. Nessa lista de afazeres, deve estar incluída a limpeza bucal.

E é aí que surgem muitas dúvidas: quando e como escovar os dentes do bebê? Como limpar a gengiva? Qual escova e pasta utilizar?

Na verdade, a higiene bucal deve começar antes mesmo de os primeiros dentinhos aparecerem, afinal vão ficar na boca restos de leite que podem ser um prato cheio para as bactérias.

Neste artigo, vamos mostrar como cuidar da saúde bucal do pequeno de forma simples e eficaz. Acompanhe!

O que fazer antes de o dente nascer?

Por volta dos 6 meses, surge o primeiro dentinho do bebê. Entretanto, o hábito de fazer a limpeza bucal deve começar antes, logo que o pequeno nasce.

Nessa etapa, os pais vão fazer a limpeza da gengiva, por isso o ideal é utilizar uma gaze ou fraldinha de pano umedecida com água filtrada ou soro fisiológico.

A ideia é retirar os restos de leite. Para isso, faça movimentos suaves com a gaze ou fraldinha nas gengivas do pequeno. Se possível, faça essa higienização uma vez ao dia.

Além da limpeza, esse processo já acostuma a criança de que a boca deve ser higienizada com frequência. Assim, quando chegar a hora de usar a escova de dentes, ela não criará resistência.

Dedeira

A partir dos 3 meses, é possível substituir a gaze por uma dedeira de silicone, vendida em farmácias. A limpeza será feita da mesma forma, só é preciso ter a precaução de esterilizar o objeto antes de colocar na boca do bebê.

Como escovar os dentes do bebê?

Logo que o primeiro dentinho nascer, já é possível utilizar a escova de dentes. Ao comprar, verifique a indicação de idade do produto. Além disso, é preciso que a escova tenha cabeça pequena e cerdas bem macias para não machucar a boca da criança.

Em farmácias e até supermercados, há diferentes marcas, modelos e, inclusive, opções com personagens infantis.

Pasta com ou sem flúor?

Na hora da escovação, utilize um creme dental infantil. Existem formulações com ou sem flúor e, para que você não fique inseguro na hora da escolha, peça sempre a orientação do odontopediatra.

O flúor é o mineral indicado para proteger os dentes, prevenindo assim o surgimento de cáries. Entretanto, um bebê não sabe cuspir e, certamente, no momento da higienização, ele vai engolir a pasta, o que pode causar fluorose, deixando os dentes manchados.

Então, o que fazer? Se você optar por produtos com flúor, fique atento à quantidade utilizada. É para colocar pouco creme dental na escova, o equivalente a um grão de arroz cru. Alguns dentistas recomendam que é só para “sujar” a escova com a pasta. Com essa pequena quantidade, não há perigo para o bebê engolir o produto.

Realize a escovação sempre após as refeições e antes da criança dormir. Faça movimentos circulares e suaves na face externa e interna de cada dente.

Aproveite o momento e brinque bastante com o pequeno! Assim, ele associa a higienização bucal a um momento divertido.

Como limpar a escova?

Após a escovação, lave a escova em água corrente e seque em uma toalha limpa. Guarde-a na posição vertical em um recipiente próprio e dentro de um armário ventilado.

Fique atento para que a escova da criança não entre em contato com as outras escovas da casa.

Evite usar capas plásticas protetoras, porque elas podem deixar o objeto úmido por muito tempo, situação ideal para a proliferação de bactérias ou fungos.

Lembre-se também de trocar a escova a cada 3 meses ou assim que as cerdas começarem a entortar. Muitas crianças têm o hábito de morder a escova e isso faz com que ela desgaste mais rápido.

Como evitar a cárie de mamadeira?

É comum que a criança bem pequena tenha cárie, que pode ser causada por um mau hábito: dormir com a mamadeira!

A mamadeira é um objeto de aconchego e muitos bebês se acostumam a dormir mamando, ou seja, ficam sem escovar os dentinhos.

Só que, à noite, produzimos menos saliva, então os restos de alimentos, neste caso de leite, ficam muito tempo na boca e são um prato cheio para as bactérias que causam a placa e a cárie.

Por isso, é importante que os pais criem a rotina de escovar os dentinhos do bebê depois da última mamadeira do dia para evitar a chamada cárie de mamadeira.

É preciso controlar a alimentação do pequeno?

O melhor ingrediente para o surgimento de cáries é, sem dúvida, o açúcar. Por isso, supervisione a alimentação do bebê.

Não dê bala, chiclete, bolacha, chocolate, refrigerante ou suco industrializado. Dê preferência para frutas, legumes e sucos naturais.

Evite ficar oferecendo lanchinhos a todo momento. Concentre o que ele vai comer nas refeições e no momento do lanche da tarde, situações em que a escovação é feita na sequência.

Quando levar o bebê ao dentista?

O quanto antes os pais levarem o pequeno ao odontopediatra, melhor! O ideal é levar logo que nasce o primeiro dente, mas como muita gente considera cedo demais, a recomendação é ir à consulta antes do primeiro ano.

O odontopediatra vai avaliar o estado da saúde bucal do bebê e o desenvolvimento dos dentes e da arcada dentária. Ele ainda pode fazer a limpeza e a aplicação de flúor, dependendo da idade.

Além desses cuidados preventivos, o profissional passa orientações sobre os cuidados bucais e a alimentação correta para os pais.

Realizar consultas com frequência é importante porque a criança já se acostuma com o atendimento odontológico, ou seja, não ficará com receio de sentar na cadeira do dentista e deixar que ele olhe sua boca quando for maior.

Cuidar da higienização bucal do seu filho desde o nascimento é garantia de menos problemas bucais no futuro. Escovar os dentes do bebê deve ser um hábito, principalmente antes de dormir, evitando assim a cárie de mamadeira. Portanto, na rotina de cuidados de saúde da criança, inclua também as consultas ao odontopediatra.

E aí, este post esclareceu suas dúvidas sobre a limpeza bucal do bebê? Então, compartilhe essas informações com seus amigos nas redes sociais!

Sobre Vital Implantes

O lugar certo para cuidar do seu sorriso!

Especializada em Implantes Dentários, a Vital se notabilizou por viabilizar a execução deste procedimento, até mesmo para aquelas pessoas que jamais imaginaram serem capazes de realizá-lo.

Como adquire sempre uma grande quantidade de Implantes, a Vital tem uma condição especial junto às melhores fabricas e essa mesma condição é transferida ao paciente durante a negociação do seu plano de tratamento. Dá até pra dizer que só não faz o tratamento, quem não quer.

Além de só trabalharmos com as melhores marcas de Implantes, nosso corpo clínico é formado apenas por mestres e especialistas. Dessa forma, conseguimos duas coisas muito boas: reduzimos o tempo de execução e aumentamos a qualidade do tratamento.

Claro que não fazemos apenas Implantes dentários. Temos especialistas nas áreas de periodontia, endodontia, demais cirurgias, ortodontia, prótese e dentística. Dá para fazer todos os procedimentos no mesmo lugar.

Visite uma das nossas unidades e comprove. Além de sabermos muito de odontologia, somos especializados em recebê-lo bem e viabilizar a realização do seu tratamento.

> Para agendar uma avaliação ligue:
- Brasília (61) 3032-5666
- Goiânia (62) 3996-6666

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *