Quais são os cuidados necessários durante e após o clareamento dental?

Tempo de leitura: 6 minutos

O clareamento dental é um dos tratamentos mais procurados no consultório odontológico, por que proporciona um impacto significativo para a aparência e o sorriso, já que deixa os dentes com um tom mais branco.

O fator estético costuma ser o principal motivo para a realização desse tratamento. No entanto, não se trata somente de vaidade. Afinal, atualmente é fundamental ter uma boa aparência para abrir portas, tanto na vida pessoal quanto na profissional.

Também é uma questão relacionada com a autoestima. Dentes amarelados e manchados causam insatisfação com a própria imagem, e a solução para se sentir bem consigo mesmo e em paz com o espelho, é buscar tratamentos, como o clareamento, para valorizar a aparência.

Mas é preciso tomar alguns cuidados para que o clareamento seja bem-sucedido e, neste post, vamos falar sobre eles, com dicas para antes, durante e depois de clarear os dentes. Confira!

Antes de fazer o clareamento dental

Não existe uma restrição rigorosa de idade para fazer o clareamento dental. Tanto adolescentes quanto pessoas idosas podem se beneficiar com esse tratamento, obtendo um tom mais claro para seus dentes.

Porém, existem algumas contraindicações e certos cuidados que devem ser tomados antes de iniciar o tratamento. Portanto, o primeiro passo para quem deseja clarear os dentes é procurar um dentista.

Existem kits e cremes dentais que são vendidos livremente, trazendo a promessa de obter dentes mais brancos sem precisar de dentista. Nenhum desses métodos é recomendado sem acompanhamento do especialista, porque podem danificar o esmalte dos dentes e ferir os tecidos bucais.

Por isso, se você decidir fazer o clareamento, agende uma consulta com um bom profissional para:

Analisar se você pode passar pelo procedimento

As contraindicações do clareamento dental são poucas, mas existem. O tratamento não é recomendado para mulheres grávidas e lactantes, bem como para pessoas com dentes sensíveis e que apresentam exposição radicular.

Para quem faz uso de coroas ou blocos ou tem dentes restaurados, é preciso estar ciente de que após o procedimento pode haver diferença entre a cor dos dentes naturais e a resina ou porcelana. Para que o tom se iguale, é necessário trocar a prótese, porque ela não clareia.

Ainda recebem contraindicação para a realização do tratamento os casos de alergia aos produtos utilizados, assim como certos tipos de manchas e escurecimento do esmalte.

Tratar problemas preexistentes

Antes de fazer o clareamento é preciso tratar possíveis problemas bucais, como a gengivite ou cáries. Por isso, o dentista deve avaliar sua saúde bucal para saber se ela está equilibrada ou se é necessário realizar algum tratamento.

Fazer a limpeza profissional

Também é preciso que os dentes estejam totalmente limpos e livres de tártaro para fazer o clareamento. Então, antes de iniciá-lo, o dentista recomendará esse procedimento a fim de deixar o esmalte preparado para receber o produto clareador.

Durante o processo

Existem duas opções de clareamento dental: o tratamento realizado no consultório ou o caseiro com acompanhamento do profissional. O método é determinado de acordo com a necessidade de cada paciente, sua preferência e avaliação do dentista.

O principal cuidado em ambos os métodos é evitar a ingestão de alimentos que tenham corantes, tanto naturais quanto artificias. Também recomenda-se moderar ou evitar o consumo de alimentos ácidos.

No caso do clareamento de consultório, é preciso respeitar o número de sessões e o intervalo entre cada uma. Já para o método caseiro, é fundamental fazer uso do gel e da moldeira durante o tempo recomendado pelo dentista. Usando menos, o produto não surtirá o efeito desejado, usando mais, pode causar reações, como sensibilidade ou irritação das mucosas.

Também é preciso usar a escova de dentes e o creme dental indicados pelo profissional. Os cremes abrasivos podem danificar o esmalte e os que contêm corantes provocam manchas nos dentes. Da mesma forma, a escova deve ser macia para não causar atrito excessivo.

Depois de realizar o clareamento

É importante estar ciente de que o clareamento dental não tem duração perpétua. Os dentes perdem aos poucos o seu tom claro em função do escurecimento natural do esmalte e em decorrência da alimentação e dos hábitos adotados.

Por isso, para fazer o branco durar mais é necessário tomar alguns cuidados simples, mas que vão evitar manchas e garantir sua saúde bucal. Entre eles estão:

Evite alimentos que mancham os dentes

Essa é uma recomendação que você sempre ouvirá de todos os profissionais. O tom claro dos dentes se mantém por mais tempo se você evitar o consumo de alimentos pigmentados, entre eles podemos citar o vinho, o café, os chás e os sucos de frutas de cores escuras.

Higienize os dentes após cada refeição

É essencial fazer a higienização dos dentes depois de cada refeição até 30 minutos após o término. Isso por que, a partir desse tempo, a placa bacteriana já começa a se formar e os pigmentos se prendem ao esmalte. Para não se esquecer, tenha sempre um kit de higiene bucal com você.

Use canudos para as bebidas

Algumas bebidas, como os sucos naturais e os refrigerantes, mancham os dentes, mas se você não quiser cortá-los do seu cardápio, uma opção para manter seu clareamento é usar canudos. Dessa maneira, a bebida não terá contato direto com o esmalte.

Use o creme dental recomendado pelo dentista

Após o clareamento, o uso de alguns cremes dentais branqueadores ajuda a manter o resultado por mais tempo. Porém, use somente o que for recomendado pelo dentista, porque algumas marcas são abrasivas demais e podem causar sensibilidade.

Faça o acompanhamento com seu dentista

Assim como antes do clareamento, depois dele é essencial continuar comparecendo às consultas de rotina com seu dentista, porque a limpeza profissional ajuda a manter os dentes livres de manchas. Além disso, o especialista também será capaz de acompanhar sua saúde bucal, prevenindo doenças e problemas.

Ele ainda avaliará os resultados e a manutenção do clareamento e dará instruções de cuidados para que seus dentes se mantenham bonitos e saudáveis.

Dica extra para mulheres

O uso de batons com cores fortes também ajuda a reduzir a durabilidade do clareamento se o cosmético tiver contato com os dentes. Então, evite usar esse tipo de batom ou prefira aqueles que têm longa duração. Ainda é válido retirar o excesso para evitar que atinja o esmalte dentário.

O clareamento dental dura entre um ano e meio a dois anos. Para obter o máximo de sua eficácia e cuidar de sua saúde bucal, siga essas dicas e outras recomendações que o seu dentista fizer. Assim, você terá dentes brancos e um belo sorriso por muito mais tempo.

Conheça outros métodos para ter um sorriso bonito e saudável: assine a nossa newsletter e receba informações em primeira mão!

Sobre Dr. Francisco

Dr. Francisco de Oliveira Castro
Dentista avaliador na clínica Vital Implantes.
CRO-DF 9447
Graduado em 1997 pela FELA-INCA/UEMG;
Pós-graduando em Implantodontia na EAP-ABO de Campo Belo - MG.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *