Afinal, creme dental clareador funciona? Entenda agora mesmo!

Tempo de leitura: 3 minutos

A busca por um sorriso mais bonito e branco é uma requisição comum nos consultórios odontológicos. Esse desejo tem estimulado a criação de uma série de produtos que buscam alcançar esse objetivo, sendo alguns efetivos e outros não. Dessa forma, é comum surgir a dúvida: creme dental clareador funciona?

Produzidos por diferentes marcas e com a promessa de um sorriso mais branco desde os primeiros usos, esse tipo de item tem ganhado popularidade por quem quer resultados positivos sem sair de casa.

Continue a leitura para saber se esse produto funciona mesmo, de que forma ele age nos dentes e quais são os riscos associados ao seu uso. Confira!

O que é um creme dental clareador?

O creme dental clareador é um produto usado na higiene bucal diária e que busca reduzir manchas e melhorar a coloração dos dentes. Para isso, ele é rico em substâncias abrasivas que fazem uma limpeza mais profunda dos dentes ou apresenta baixa concentração de peróxidos usados nos tipos tradicionais de clareamento.

Os componentes utilizados em procedimentos clareadores tradicionais demandam uma série de cuidados de armazenamento, aplicação e recuperação, o que torna impossível utilizá-los nos cremes dentais comercializados.

Assim, esse tipo de produto utiliza alternativas para promover o efeito desejado.

Como esse tipo de creme age?

A composição mais comum é aquela que apresenta substâncias abrasivas que promovem uma espécie de esfoliação nas camadas mais externas do dente. Esse processo tem como objetivo remover o biofilme de bactérias e as manchas menos permanentes, como as causadas pelo consumo de café e alimentos pigmentados.

Dessa forma, esse tipo de produto não clareia de fato a superfície dentária, promovendo apenas um polimento e remoção de sujeiras externas. Ele também não consegue atuar nas camadas internas, realizando, portanto, uma limpeza superficial.

Além dos tipos abrasivos, há cremes que apresentam em sua fórmula peróxidos, mesma substância utilizada nos clareamentos dentais caseiros e profissionais. Porém, sua concentração é muito baixa para evitar riscos advindos do seu uso, o que torna sua ação pouco eficaz.

Por fim, recentemente passaram a ser comercializados produtos com tripolifosfato de sódio, que promovem uma ação química em vez de física, como a dos abrasivos. Apesar disso, apresentam a mesma limitação de não atuar nas camadas mais profundas dos dentes.

Creme dental clareador funciona mesmo?

O creme dental clareador tem resultados positivos, porém, muito distantes de um procedimento profissional. De forma geral, ele funciona muito mais como um agente de limpeza profunda do que como um clareamento propriamente dito.

Assim, se usado regularmente, esse tipo de produto pode promover um sorriso mais bonito. No entanto, é preciso estar atento a alguns riscos. Veja quais são eles.

Sensibilidade excessiva

Devido à sua ação abrasiva, é possível que alguns cremes desse tipo possam gerar sensibilidade dentária.

Isso porque o processo de polimento pode promover a remoção das camadas do esmalte dentário, componente essencial para a proteção da parte mais interna dos dentes.

Piora das manchas

Caso ocorra uma abrasão excessiva do esmalte dentário, é possível que a superfície dos dentes fique porosa, o que facilita o surgimento de manchas.

Assim, o seu uso pode gerar efeito inverso: em vez de clarear os dentes, aumenta as chances de manchas permanentes.

Dessa forma, somente o dentista poderá indicar qual tipo de creme dental clareador funciona para cada caso, se ele não apresentará riscos para sua saúde bucal e outros tratamentos que podem ser realizados para promover um sorriso mais bonito.

Se você gostou dessas dicas, compartilhe este artigo com seus amigos nas redes sociais!

Sobre Dra Caroline

Dra Caroline Wolff Marra
Coordenadora Clínica da Vital Implantes e Tratamentos dentários
CRO: 10849-DF
Graduada em 2014 pela Universidade Católica de Brasília

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *