Cuidado! 8 alimentos que mancham os dentes

Tempo de leitura: 6 minutos

Com o tempo, é natural que apareçam manchas nos dentes, principalmente se não houver o acompanhamento periódico com o dentista. Contudo, existem alimentos que são capazes de manchar a dentição se consumidos continuamente ou se não forem tomadas as medidas para evitar o amarelamento.

Neste post você vai conhecer quais são esses itens, os fatores por trás das manchas e o que pode ser feito para diminuir a nocividade à saúde dental. Saiba mais!

Conheça os 8 alimentos que mancham os dentes

Alguns alimentos e bebidas, por serem ácidos ou por apresentarem pigmentos fortes, podem comprometer o bom aspecto dos dentes. Conheça os principais:

1. Café

A bebida apresenta uma acidez elevada e, quando em contato com o esmalte do dente (que é poroso), pode afetar sua superfície. Além desse desgaste, o excesso de pigmentação do café contribui para as manchas.

Quando consumido com moderação e com uma higienização adequada, a bebida não trará consequências espantosas. Entretanto, a grande frequência na ingestão é capaz de manchar os dentes com o passar do tempo, pois os pigmentos podem se acumular.

Como amenizar

O ideal é fazer bochechos com água e escovação cerca de 20 minutos após beber café. Escovar de imediato pode espalhar os ácidos por toda a arcada e ajudar na erosão dental.

2. Chá

Como alternativa ao café, muitas pessoas consomem chás, mas alguns deles também causam manchas. Alguns tipos podem, inclusive, afetar mais do que o café — é o caso do chá-preto e do mate. A bebida apresenta em sua composição uma substância chamada tanino, que em excesso é capaz de amarelar os dentes.

Como amenizar

Dê preferência aos chás claros ou procure diluir os mais escuros com leite. A escovação e os bochechos com água também vão ajudar a evitar as manchas. Se preferir, após o chá, consuma alimentos que limpam os dentes durante a mastigação, como a maçã e a pera.

Além disso, esses itens ajudam na prevenção de problemas bucais, como o mau hálito, a formação de cáries e a gengivite, pois aumentam a produção de saliva e controlam o pH da boca, diminuindo sua acidez.

3. Beterraba

A beterraba apresenta uma cor intensa por conta dos seus pigmentos, em especial os polifenóis. O consumo em excesso, sobretudo na forma de sucos, pode causar a pigmentação dos dentes (semelhante ao efeito do café).

Como amenizar

Como o alimento é rico em nutrientes (ferro, zinco e magnésio), é importante mantê-lo na dieta. A fim de diminuir os efeitos dos polifenóis, o indicado é escovar os dentes após seu consumo e, se possível, tomar o suco com canudo para evitar o contato direto com a dentição.

4. Molho shoyu e molho inglês

Os molhos escuros (como o molho inglês, o molho de soja e o shoyu) usados no preparo de alimentos também são responsáveis pelo amarelamento dos dentes. Eles são produzidos a partir da fermentação e, por isso, são muito ácidos, o que compromete a integridade da dentição.

Como amenizar

Apesar do sabor especial na comida, evite os molhos escuros. O ideal é utilizá-los vez ou outra na dieta e sempre escovar os dentes após seu consumo.

5. Molho de tomate

A regra é simples: se um alimento manchar a roupa, ele também pode manchar os dentes. Com o molho de tomate não é diferente, pois apresenta alta acidez e coloração forte. Ele afeta a camada externa e provoca a erosão gradativa.

Como amenizar

Quanto mais o molho se fixar no dente, maior será o dano causado. Daí a necessidade de comer aperitivos antes, como o espinafre e o brócolis, que são ricos em fibras, capazes de criar uma “película protetora” e ajudar na limpeza dental.

6. Açaí

Após comer uma tigela de açaí é comum notar o arroxeado nos dentes. Isso ocorre devido a forte pigmentação que favorece o escurecimento. Quando associado a outros alimentos ácidos, o açaí tem um efeito ainda mais destrutivo, uma vez que a dentina fica mais exposta.

Como amenizar

Evite o consumo com outros alimentos ácidos e sempre faça bochechos com água e escove os dentes após a ingestão.

7. Vinho

O vinho tinto é uma rica fonte de antioxidantes e outras substâncias (como o resveratrol) muito importantes para a saúde do coração. Também ajuda a prevenir alguns tipos de câncer e o envelhecimento precoce.

Acontece que, a cor forte do vinho tinto, quando associada a outros fatores, como sua acidez natural, pode comprometer o esmalte dos dentes. Além disso, o efeito do álcool diminui a produção de saliva, aumentando o pH da boca.

Como amenizar

Tente beber água durante o consumo do vinho, preferencialmente na mesma quantidade. Ela ajuda a manter a acidez da boca mais neutra, evitando a ação nociva da bebida.

8. Mirtilo

Seu poder antioxidante faz deste alimento um dos mais benéficos para a saúde. Contudo, sua cor azul escura pode causar manchas nos dentes.

Como amenizar

É recomendado enxaguar a boca após comer mirtilo. Se puder, também escove os dentes com um pouco de bicarbonato de sódio e limão.

Veja como branquear os dentes manchados naturalmente

Se os dentes já perderam o branco natural por conta dos alimentos listados, a alternativa é o clareamento dental — que pode ser feito no consultório do dentista ou em casa, com a supervisão e orientação do profissional. Há também algumas receitas caseiras que são capazes de ajudar no processo. Vamos a elas:

Vinagre de sidra de maçã

O vinagre de sidra de maçã é muito efetivo para o branqueamento dos dentes. Apesar de suas propriedades, é preciso usá-lo com cuidado, pois é um produto ácido e pode danificar o esmalte. Para aproveitar seus benefícios sem problemas, é recomendável dissolver 2 colheres de sopa em um copo de água e enxaguar a boca com o líquido antes da escovação.

Alimentos que limpam os dentes

Já mencionamos alguns “alimentos detergentes”, que ajudam na limpeza dental e na recuperação do sorriso mais branco. Eles podem ser consumidos antes ou depois dos alimentos que mancham os dentes, diminuindo sua ação ácida. Alguns exemplos são: maçã, coco, cenoura, pera, amêndoas e castanhas, kiwi, melancia, acelga, aipo, brócolis, couve-flor e pepino.

Gostou das dicas? Então, compartilhe este post nas suas redes sociais e ajude a difundir essas informações!

Sobre Vital Implantes

O lugar certo para cuidar do seu sorriso!

Especializada em Implantes Dentários, a Vital se notabilizou por viabilizar a execução deste procedimento, até mesmo para aquelas pessoas que jamais imaginaram serem capazes de realizá-lo.

Como adquire sempre uma grande quantidade de Implantes, a Vital tem uma condição especial junto às melhores fabricas e essa mesma condição é transferida ao paciente durante a negociação do seu plano de tratamento. Dá até pra dizer que só não faz o tratamento, quem não quer.

Além de só trabalharmos com as melhores marcas de Implantes, nosso corpo clínico é formado apenas por mestres e especialistas. Dessa forma, conseguimos duas coisas muito boas: reduzimos o tempo de execução e aumentamos a qualidade do tratamento.

Claro que não fazemos apenas Implantes dentários. Temos especialistas nas áreas de periodontia, endodontia, demais cirurgias, ortodontia, prótese e dentística. Dá para fazer todos os procedimentos no mesmo lugar.

Visite uma das nossas unidades e comprove. Além de sabermos muito de odontologia, somos especializados em recebê-lo bem e viabilizar a realização do seu tratamento.

> Para agendar uma avaliação ligue:
- Brasília (61) 3032-5666
- Goiânia (62) 3996-6666

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *