Implante dentário dói? Tire essa e mais 6 dúvidas sobre implantes

Tempo de leitura: 6 minutos

O medo de sentar na cadeira do dentista assombra muita gente! Quando se trata do procedimento de colocação de implante, esse receio aumenta. Mas será que fazer implante dentário dói?

Para responder a essa e outras dúvidas, leia atentamente este artigo e descubra como é feito o implante dentário e por que é uma tecnologia tão indicada para substituir dentes que foram extraídos ou perdidos.

1. O que é um implante?

A evolução das técnicas da Odontologia é sempre pensada em termos de bem-estar e qualidade de vida do paciente. O implante dentário é um exemplo disso: por meio dele, é possível substituir os dentes extraídos ou perdidos, devolvendo, além de um sorriso bonito, as funções naturais de mastigação e fala.

O implante nada mais é que um parafuso, feito de titânio, que funciona como a raiz do dente e, por isso, é colocado no osso da mandíbula ou maxilar. Em cima dele, vai a coroa, que tem a aparência de um dente natural.

2. Quais são seus benefícios?

Além dos benefícios estéticos, o implante pode proporcionar uma vida normal para o paciente, que não terá mais problemas com a fala e mastigação. Logo, ficará livre de doenças gastrointestinais, porque consegue processar os alimentos da forma correta.

Outra vantagem é que ele conseguirá sentir o sabor real dos alimentos e, dessa forma, pode se alimentar corretamente.

Ao contrário das dentaduras (próteses móveis), os implantes não causam desconfortos por problema de encaixe, nem insegurança na hora de comer, sorrir ou falar. Isso porque eles ficam fixos e integrados ao osso, trazendo um conforto enorme para o paciente.

Por último, sua colocação pode ter um preço acessível, conseguindo atender todos que precisam desse tratamento. Procure uma clínica especializada e comprove!

3. Colocar um implante dentário dói?

O medo do dentista ainda persiste na cabeça de muitas pessoas. Seja por uma experiência desagradável no passado, seja pelas histórias de alguém próximo, tratar os dentes pode ser motivo de pânico.

Por isso, a preocupação com a colocação de implantes dentários é grande. Será que vai doer?

Para realizar o procedimento, é necessário fazer uma cirurgia. Assim, a preparação inclui uma série de exames, como radiografias e tomografia para que tudo seja feito sem contratempo.

Se houver outros problemas na boca, como cáries, inflamações ou necessidade de canal, tudo será realizado antes do implante.

Anestesia

Mas calma! Não é porque o paciente vai se submeter a uma cirurgia que será dolorido. A colocação do implante é feita no próprio consultório. O paciente recebe uma anestesia local, a mesma aplicada para qualquer outro procedimento odontológico e, por isso, não sentirá dor.

A parte mais complexa é quando o cirurgião-dentista abre a gengiva. Porém, quando ele chega no osso, não tem como ser dolorido, visto que ele não possui nervos.

Todas as etapas são realizadas com anestesia e seu dentista acompanha seu estado para que tudo seja feito de forma tranquila.

A vantagem do implante é que não é necessário o desgaste de outros dentes para a sua colocação.

Para se ter uma ideia, a extração de um dente é mais complexa do que a colocação do implante tanto para o paciente quanto para o dentista.

Enxerto ósseo 

Quando o paciente não possui uma estrutura óssea que consiga sustentar o implante, é necessário colocar o enxerto ósseo. Novamente, você deve estar pensando: “Mas dói para colocar o enxerto ósseo?”

Essa é uma etapa anterior à colocação do implante e também é realizada no consultório com cirurgia e anestesia.

Para formar a estrutura óssea que consiga ser forte e tenha espessura para receber o implante, o cirurgião-dentista pode utilizar um material sintético ou um osso do próprio paciente da área do queixo ou maxilar.

Depois de realizado o enxerto, é necessário esperar de 4 a 6 meses, dependendo do caso, para que haja a cicatrização e o implante consiga ser colocado sem nenhum problema.

Pós-operatório 

Outra dúvida de muita gente é a dor no pós-operatório. Novamente, não há o que temer! Basta tomar os medicamentos prescritos pelo dentista (analgésicos e anti-inflamatórios) e utilizar bolsas de gelo para amenizar o inchaço e tudo transcorrerá sem dor.

A recomendação é que o paciente fique em repouso no dia do procedimento. Depois, pode voltar às atividades corriqueiras sem exagerar.

Outro cuidado importante é com a alimentação, que deve ser líquida ou pastosa e fria para que o paciente não force a região do implante com a mastigação.

4. Todo mundo pode por um?

Praticamente todas as pessoas podem colocar um implante dentário desde que já tenham a estrutura de dentição completamente desenvolvida.

Há contraindicações para alguns casos clínicos, como cardiopatias, diabetes e câncer, mas tudo isso pode ser conversado entre médico e dentista para saber se há possibilidade de fazer o procedimento.

Em fumantes, as taxas de sucesso do implante podem ser menores.

5. Quando devo colocá-lo?

Em caso de perda de um ou de vários dentes, o ideal é que o cirurgiã-dentista especializado em Implantodontia seja procurado rapidamente. Quando mais rápido o implante for feito, mais fácil e tranquilo será todo o procedimento.

Isso porque, na ausência do dente, a estrutura óssea do maxilar ou mandíbula tende a atrofiar. Nesse caso, antes da colocação do implante, torna-se necessário o enxerto ósseo como explicamos acima.

6. Meu corpo pode rejeitá-lo?

O implante é revolucionário porque, além da estética e qualidade de vida que proporciona ao paciente, tem altas taxas de sucesso.

O organismo não vai considerá-lo um corpo estranho, visto que ele é feito de titânio, um material biocompatível. Dessa forma, ele acaba se incorporando ao osso como se fizesse parte do corpo, num processo que é chamado de osseointegração.

Se você não procura um dentista porque acha que o implante dentário dói, já viu que pode ficar sossegado, fazer o tratamento e voltar a sorrir sem ter vergonha! A Odontologia, em especial a Implantodontia, evolui a cada dia, pensando sempre no bem-estar do paciente.

Conseguimos esclarecer as suas dúvidas sobre os implantes dentários? Para mais detalhes baixe o nosso e-book, um guia completo sobre IMPLANTES DENTÁRIOS. Você vai descobrir como se preparar para esse procedimento e muito mais!

Sobre Vital Implantes

O lugar certo para cuidar do seu sorriso!

Especializada em Implantes Dentários, a Vital se notabilizou por viabilizar a execução deste procedimento, até mesmo para aquelas pessoas que jamais imaginaram serem capazes de realizá-lo.

Como adquire sempre uma grande quantidade de Implantes, a Vital tem uma condição especial junto às melhores fabricas e essa mesma condição é transferida ao paciente durante a negociação do seu plano de tratamento. Dá até pra dizer que só não faz o tratamento, quem não quer.

Além de só trabalharmos com as melhores marcas de Implantes, nosso corpo clínico é formado apenas por mestres e especialistas. Dessa forma, conseguimos duas coisas muito boas: reduzimos o tempo de execução e aumentamos a qualidade do tratamento.

Claro que não fazemos apenas Implantes dentários. Temos especialistas nas áreas de periodontia, endodontia, demais cirurgias, ortodontia, prótese e dentística. Dá para fazer todos os procedimentos no mesmo lugar.

Visite uma das nossas unidades e comprove. Além de sabermos muito de odontologia, somos especializados em recebê-lo bem e viabilizar a realização do seu tratamento.

> Para agendar uma avaliação ligue:
- Brasília (61) 3032-5666
- Goiânia (62) 3996-6666

4 Comentários


    1. Olá Marilene!
      Poderia por gentileza agendar um horário ligando para um dos fones abaixo? Um especialista poderá tirar essa e outras dúvidas.
      Brasília 061-3032-5666
      Goiânia 062-3996-6666
      Um abraço!

      Responder
  1. Marli

    Boa noite tenho um implante que foi extraído meu dente e após a extração na mesma hora foi colocado um pino de implante e passou uns messes comecei aventura dores no nervo estou tomando carbamazepina pra dor

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *