Entenda o que é perda de massa óssea bucal e quais são os tratamentos

Tempo de leitura: 3 minutos

Você sabia que a saúde dos dentes também inclui a gengiva e os tecidos que dão sustentação a ele? Quando somos descuidados com a higienização bucal, as bactérias podem atingir não só o dente, mas também o osso de sustentação. Isso pode ocasionar a perda de massa óssea bucal, situação que pode levar à perda também do dente.

Uma limpeza bucal precária é apenas um dos fatores que causam a diminuição desse suporte ósseo; por isso, é fundamental estar atento aos sinais desse problema e fazer o acompanhamento periódico com o dentista.

Confira nosso post e entenda o que é perda de massa óssea bucal, suas causas, como prevenir o problema e quais os tratamentos disponíveis.

O que é perda de massa óssea bucal?

Em primeiro lugar, é importante conhecer as estruturas que garantem suporte ao dente: a raiz dentária é protegida pela gengiva e pelo tecido ósseo alveolar, que sustenta e dá a resistência necessária para que a mastigação ocorra normalmente.

A perda de massa óssea ocorre quando há uma redução desse tecido, uma situação grave que pode levar à queda do dente. É um problema caracterizado por:

  • gengiva retraída;
  • inflamação e sangramento no tecido gengival;
  • sensação de dentes mais alongados;
  • dentes mais frouxos;
  • movimentação dentária;
  • hispersensibilidade dental, por conta das raízes expostas;
  • mau hálito.

Quais as causas?

A perda óssea pode ser causada por uma série de fatores. Confira a seguir.

Idade

O avanço da idade tem como consequência o desgaste ósseo, que pode afetar a saúde bucal.

Osteoporose 

Doença que leva a uma perda de massa óssea de todo o organismo.

Higienização bucal precária

Escovar os dentes com pressa e, assim, não limpar todos os cantinhos faz com que os restos de alimentos não sejam totalmente eliminados.

Assim, há a proliferação de bactérias que podem atingir a gengiva (gengivite) e avançar para as estruturas de sustentação do dente (periodontite), com a consequente diminuição da massa óssea bucal.

Perda de dente

Quando a pessoa perde o dente e não coloca um implante dentário no lugar em um curto espaço de tempo, pode sofrer com a perda óssea. O corpo faz a reabsorção do tecido, pois entende que a estrutura não tem mais função.

Diabetes

A doença deixa o paciente mais suscetível para o desenvolvimento de inflamação das gengivas (gengivite), que pode avançar para a periodontite (caracterizada pela perda de massa óssea).

Como prevenir o problema?

Para prevenir a perda de massa óssea bucal, é fundamental fazer a escovação completa com creme dental com flúor sempre após as refeições e, principalmente, antes de dormir. A pessoa deve se certificar de tirar todos os restos de alimentos, por isso a recomendação do uso do fio dental. 

O acompanhamento periódico no dentista também é essencial para garantir dentes e gengivas saudáveis. Caso ele note alguma infecção, já indica o melhor tratamento, evitando prejuízos para a saúde bucal.

Quais os tratamentos disponíveis?

O tratamento vai depender da evolução da perda de massa óssea. Para estágios iniciais, é feita uma descontaminação da área afetada e avaliação se está tudo bem com o exame clínico e radiografia.

Para estágios mais avançados, o dentista faz a reconstrução óssea por meio de uma cirurgia — é feita uma limpeza completa da raiz dentária e inserção de um material biocompatível, que tem o papel de formar um novo osso e novos ligamentos periodontais.

É importante ficar atento a qualquer sinal de inflamação na gengiva para evitar um quadro tão sério como a perda de massa óssea bucal.

Para ficar longe do problema, além de todos os cuidados com a higienização oral, o recomendado é fazer o check-up odontológico a cada seis meses. Assim, você garante um sorriso bonito e saudável.

Quer saber mais sobre os tratamentos para esse problema? Entre em contato com a Vital Implantes e converse com nossos especialistas.

Sobre Dr Pedro Henrique

Dentista avaliador e responsável técnico da Vital Implantes Unidade Goiânia
CRO GO: 12179
Graduado em 2011 pela FOUSP ( Faculdade de Odontologia Universidade de São Paulo)
Especialista em Ortodontia pela FUNORTE (2017)
- Atualização em implantes HC-SP (2011)
- Curso de relacionamento interpessoal dale carning (2017)
- Curso de PNL dale carning

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *