Veja por que você deve visitar um dentista para fazer um tratamento dental

Tempo de leitura: 6 minutos

Atualmente, não faltam métodos e dicas para realizar tratamentos odontológicos e procedimentos estéticos em casa (como o clareamento dental, por exemplo).

No entanto, essa não é a melhor forma de cuidar dos seus dentes. Isso porque somente um profissional pode avaliar com precisão a necessidade de cada paciente e indicar o melhor curso a seguir.

Neste artigo, vamos esclarecer por que é fundamental procurar por um especialista para fazer um tratamento dental e como a sua ajuda pode impactar na saúde, qualidade de vida e autoestima das pessoas. Acompanhe!

Os procedimentos caseiros prejudicam mais do que ajudam

Com certeza você já deve ter visto, principalmente na internet, dicas caseiras para cuidar dos dentes e melhorar a sua aparência. Essas orientações abrangem várias áreas: técnicas de clareamento e para aliviar a dor, alternativas amadoras a fim de acabar com o mau hálito, receitas para eliminar manchas, entre outras.

E sabe qual é o maior problema em seguir essas recomendações duvidosas? Cada pessoa tem uma necessidade diferente, e alguns sintomas podem ser indício de doenças mais graves. Por isso, todo tratamento dental deve ser individual, adequando-se às particularidades do paciente.

Utilizar técnicas caseiras no cuidado dos dentes sem a indicação, supervisão e acompanhamento de um dentista traz complicações para a saúde bucal.

Isso porque algumas substâncias utilizadas nesses métodos podem causar irritações e queimaduras na mucosa da boca e até mascarar o problema real, agravando alguns casos.

Quando temos alguma questão bucal — o mau hálito, por exemplo —, ela pode estar relacionada a diversos fatores (inclusive com doenças periodontais, que afetam o tecido de sustentação dos dentes).

Assim, se alguém tiver esse problema e decidir solucioná-lo em casa em vez de procurar um especialista a fim de saber suas causas reais, poderá agravar a situação. O mesmo vale para outros casos como dores, inchaços, feridas, sensibilidade, etc.

Os especialistas nunca devem ser dispensados

No ramo da Odontologia existem diversas áreas de atuação, cada uma responsável por tratar de determinados problemas bucais. Temos, por exemplo:

  • Periodontista — cuida das doenças relacionadas às gengivas e tecidos de sustentação;
  • Ortodontista — responsável pelos tratamentos que visam alinhar adequadamente os dentes e corrigir a mordedura;
  • Implantodontista — realiza cirurgias para implantação de próteses dentárias.

Existem também setores que são focados em idosos, crianças, restaurações, cirurgia, entre outros.

Todos esses profissionais têm a função de diagnosticar casos específicos e indicar os tratamentos adequados para cada paciente. Por isso, as especialidades da Odontologia estão interligadas e somente o trabalho conjunto de todas garante completamente a saúde bucal. 

O tratamento dental desde a infância previne problemas futuros

As consultas ao dentista devem fazer parte da rotina logo na primeira infância. Isso porque é preciso realizar um acompanhamento para observar a oclusão dos dentes de leite, prevenindo problemas futuros.

Depois dessa fase, e durante toda a vida, é necessário consultar um profissional para continuar mantendo o bem-estar bucal. Assim, um problema pode ser identificado no início e seu diagnóstico precoce impede o agravamento do caso. Essa precaução também ajuda a reduzir o tempo de tratamentos ortodônticos, por exemplo.

Quando a criança visita o dentista regularmente, pode ser notada a necessidade de uso do aparelho ortodôntico móvel para estimular os dentes permanentes a crescerem na posição correta. Isso minimiza as chances de utilizar o fixo no futuro, ou então faz com que o tratamento seja mais rápido.

O profissional também desempenha outros papéis importantes para a saúde bucal de pacientes que estão nessa fase da vida: realiza limpezas, aplica flúor, dá instruções sobre a forma correta de higienização, indica os produtos específicos etc. 

A consulta evita complicações mais sérias

Como já mencionamos, ir ao dentista para uma visita de rotina ajuda a identificar um problema logo no começo. A gengivite, por exemplo, é um distúrbio muito comum, passível de acontecer com pessoas de qualquer idade, e que está relacionado ao acúmulo de placa bacteriana.

Quando não tratada, ela pode evoluir para a periodontite. Embora a primeira não tenha muita gravidade, a segunda tem, e é capaz de causar danos irreversíveis à saúde bucal — inclusive a queda dos dentes.

O dentista é capaz de diagnosticar a gengivite logo no começo e indicar o tratamento e os medicamentos necessários para tratar a inflamação antes que ela atinja os tecidos mais profundos. 

Outro exemplo é o câncer de boca, um caso mais sério, que também pode ser diagnosticado precocemente em uma consulta. Muitas vezes as pessoas não dão atenção a pequenas feridas que surgem na cavidade oral, pois elas não incomodam ou não parecem graves. Mas se o dentista nota o machucado durante uma consulta, vai examinar e avaliar se realmente são benignas ou não.

Portanto, o profissional tem um papel fundamental em todos os problemas bucais existentes.

O dentista também pode ajudar com a sua autoestima

Dentes tortos, faltosos, amarelados, manchados ou com tamanhos irregulares interferem na beleza do sorriso. Somente quem sofre com esses problemas sabe como isso pode inibir, causar timidez e insegurança.

Porém, quando um dentista é consultado, são apresentadas alternativas de tratamento para solucionar essas questões, que afetam a imagem e a qualidade de vida da pessoa.

Atualmente existem diversas opções de tratamentos estéticos, cada uma indicada para certos tipos de problema. E o melhor: elas se tornam cada vez mais acessíveis, permitindo que todos tenham a possibilidade de alcançar o sorriso perfeito.

Muita gente deixa de corrigir a aparência dos dentes por desconhecer as alternativas disponíveis. Mas elas existem e o dentista vai ajudar a encontrar aquela ideal para cada paciente.

Assim, procurar por um tratamento dental com um especialista auxilia na prevenção de doenças, no diagnóstico precoce e na adoção do melhor tratamento, seja para questões estéticas ou de saúde.

Por isso, jamais substitua a atenção desse profissional por métodos duvidosos ou caseiros. Além disso, nunca ignore um problema bucal, porque a tendência é que a demora em cuidar aumente a sua gravidade. Confie em seu dentista para ajudá-lo sempre.

Gostou do post? Quer continuar recebendo dicas e informações para alcançar um sorriso perfeito? Assine a nossa newsletter!

Sobre Vital Implantes

O lugar certo para cuidar do seu sorriso!

Especializada em Implantes Dentários, a Vital se notabilizou por viabilizar a execução deste procedimento, até mesmo para aquelas pessoas que jamais imaginaram serem capazes de realizá-lo.

Como adquire sempre uma grande quantidade de Implantes, a Vital tem uma condição especial junto às melhores fabricas e essa mesma condição é transferida ao paciente durante a negociação do seu plano de tratamento. Dá até pra dizer que só não faz o tratamento, quem não quer.

Além de só trabalharmos com as melhores marcas de Implantes, nosso corpo clínico é formado apenas por mestres e especialistas. Dessa forma, conseguimos duas coisas muito boas: reduzimos o tempo de execução e aumentamos a qualidade do tratamento.

Claro que não fazemos apenas Implantes dentários. Temos especialistas nas áreas de periodontia, endodontia, demais cirurgias, ortodontia, prótese e dentística. Dá para fazer todos os procedimentos no mesmo lugar.

Visite uma das nossas unidades e comprove. Além de sabermos muito de odontologia, somos especializados em recebê-lo bem e viabilizar a realização do seu tratamento.

> Para agendar uma avaliação ligue:
- Brasília (61) 3032-5666
- Goiânia (62) 3996-6666

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *