Saiba mais sobre o check-up odontológico

Tempo de leitura: 6 minutos

Você costuma ir ao dentista com regularidade para fazer a prevenção? Ou só se lembra desse profissional quando a dor de dente não passa? Muitas pessoas não têm o costume de fazer o check-up odontológico, uma consulta que mantém a saúde bucal em dia.

Seja por medo, seja por falta de hábito, deixar de visitar o dentista regularmente pode trazer uma série de problemas para o seu sorriso, o que vai demandar tratamentos mais complexos. Então, que tal considerar incluir esse compromisso na sua agenda de cuidados com a saúde?

Neste post, vamos explicar a importância desse check-up, o que é feito nesse tipo de consulta e qual a frequência ideal para garantir que sua boca e dentes estejam sempre saudáveis. Acompanhe!

Por que é preciso ir às consultas regulares?

Talvez você considere que somente se preocupar em escovar os dentes após as refeições e antes de dormir seja suficiente para se ver longe de problemas bucais. Esses cuidados são fundamentais, porém, para que a prevenção aconteça de fato, é imprescindível visitar o dentista regularmente.

Mas você pode pensar: “Está tudo bem com os meus dentes, não vi nada diferente na minha boca nem sinto dor nenhuma”. E o objetivo é esse — o check-up odontológico é preventivo, ou seja, vai evitar que uma cárie superficial, por exemplo, tome conta de todo o seu dente. Esqueça a ideia de procurar o dentista somente quando a dor aparece!

Desse modo, esse atendimento — que não vai tomar muito do seu tempo — é crucial para avaliar as condições dos seus dentes e de todas as estruturas bucais. Caso o profissional detecte algum problema, as chances de que seja algo simples são grandes, visto que você faz essa avaliação com frequência. Com isso, o tratamento será rápido, com o mínimo desgaste dentário e de valor mais reduzido.

Além disso, muita gente não sabe, mas alguns problemas de saúde bucal podem interferir na saúde geral do nosso organismo, por isso, é importante estar sempre atento. Uma infecção dentária pode provocar até mesmo um problema no coração — a endocardite.

Outro ponto importante é que, com essa consulta, você recebe orientações de boas práticas de higienização bucal, o que vai proteger ainda mais a sua boca.

Estética do sorriso

Nas consultas regulares, o paciente pode se informar sobre os tratamentos estéticos odontológicos, como o ortodôntico, o uso de facetas de porcelana ou lentes de contato dental, o clareamento dental, entre outros, que podem transformar o sorriso e melhorar a autoestima.

O dentista pode esclarecer sobre os resultados, qual é o melhor para você e, caso ele não realize o procedimento, faz a indicação de algum profissional de confiança.

A partir de qual idade deve ser feito esse acompanhamento?

A resposta para essa pergunta é: desde sempre. Pode parecer exagero, mas quando nasce o primeiro dentinho, os pais já podem levar o bebê ao odontopediatra para fazer o acompanhamento regular. Ele vai analisar se o desenvolvimento orofacial está correto e também dará orientações sobre limpeza bucal e alimentação.

Mesmo que você não tenha levado seu filho ainda bebê, leve-o o quanto antes. Quando as crianças se acostumam a ir ao dentista, perdem o medo de realizar os tratamentos e se conscientizam quanto aos bons hábitos de prevenção bucal. No futuro, serão adultos com a boca mais saudável.

O que é feito no check-up odontológico?

Se você é daqueles que evitam passar perto do consultório odontológico por medo, saiba que não há motivo para se preocupar. É importante salientar que as técnicas e materiais na odontologia estão em constante evolução, objetivando sempre tratamentos mais eficazes, rápidos e confortáveis para o paciente.

Como dissemos, o dentista vai avaliar a sua boca. Com a ajuda de um pequeno espelho, vai analisar todos os seus dentes e mucosas bucais (língua, gengivas e bochechas), verificando se existe alguma mancha, ferida, inflamação ou outro problema. 

Em alguns casos, após a verificação, o profissional poderá realizar dois procedimentos preventivos:

  • profilaxia: é aquela limpeza mais completa, em que é utilizado bicarbonato de sódio para retirar a sujeira aderida ao dente e também para fazer um polimento. Você sente, além dos dentes mais limpos, que eles estão mais lisinhos;

  • aplicação de flúor: com a ajuda de uma moldeira de silicone, o dentista faz a aplicação de flúor e pede para que o paciente fique em contato com a substância por um período determinado. O flúor é um mineral que vai deixar os dentes mais fortes e protegidos contra as bactérias que causam a cárie.

Caso você tenha tártaro, que é quando a placa bacteriana se calcificou e aderiu aos dentes, o dentista pode fazer a raspagem no check-up odontológico. Você sai com um sorriso mais limpo e longe do mau hálito.

Devo me preocupar com a radiografia?

Em muitas situações, o dentista pode realizar a radiografia para complementar a avaliação do check-up odontológico. O exame consegue detectar a extensão de uma cárie ou quando ela está escondida entre os dentes, o que não é possível de ver a olho nu. Esse diagnóstico mais preciso direciona o plano de tratamento.

Seja qual for o motivo, você pode ficar tranquilo. O exame é seguro, rápido e indolor. Para proteção, é colocado um colete de chumbo no paciente.

De quanto em quanto tempo ele deve ser feito?

Não existe um intervalo padrão para a realização do check-up odontológico. Geralmente, a indicação é que ele seja feito a cada seis meses, mas isso depende das condições de saúde bucal, histórico e estilo de vida de cada paciente.

Quem sofre com doença periodontal crônica ou dentes sensíveis, por exemplo, deve visitar o dentista a cada quatro meses. Pacientes que colocaram implante dentário ou usam aparelho ortodôntico também precisam fazer esse acompanhamento com mais frequência. Já pessoas que fumam devem realizar essas consultas em intervalos menores.

Viu só como é importante fazer o check-up odontológico? Manter os dentes saudáveis vai deixar o seu sorriso mais bonito e trará qualidade de vida. Coloque esse compromisso na agenda e fique longe de qualquer problema bucal.

Se você se preocupa com todos os cuidados de saúde bucal, entenda também a importância dos exames dentais na recomendação de tratamentos!

Sobre Dr. Francisco

Dr. Francisco de Oliveira Castro
Dentista avaliador na clínica Vital Implantes.
CRO-DF 9447
Graduado em 1997 pela FELA-INCA/UEMG;
Pós-graduando em Implantodontia na EAP-ABO de Campo Belo - MG.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *