Odontopediatria: entenda como cuidar da boca do seu filho

Tempo de leitura: 4 minutos

Os cuidados com os dentes não são uma preocupação somente dos adultos. Durante a infância é fundamental que as crianças cuidem do sorriso, mas elas precisam da ajuda de seus pais e eles, por sua vez, podem contar com a odontopediatria.

Assim como existe o pediatra, na odontologia há o especialista responsável pela saúde bucal dos pequenos. Os cuidados em casa precisam ser associados às visitas periódicas ao odontopediatra para fazer a prevenção e tratamento de problemas bucais.

Quer saber mais sobre isso? Continue lendo e saiba como manter os dentes dos seus filhos sempre bonitos e saudáveis contando com o suporte de especialistas.

Por que a odontopediatria é importante?

A odontopediatria é uma área da odontologia especializada em cuidar da saúde bucal na infância. O odontopediatra tem o importante papel de fazer a prevenção de problemas e tratamento deles ainda no começo, para evitar que se tornem complicações maiores.

Durante os primeiros anos de vida a dentição é composta pelos decíduos, mas embora não sejam definitivos, os dentes de leite têm um papel fundamental na saúde e qualidade de vida da criança.

Além disso, ajudam a guiar o nascimento dos dentes permanentes. Eles estão em formação e os cuidados na infância influenciam em sua saúde. E não podemos esquecer que o odontopediatra estimula na criança hábitos saudáveis para que ela cuide bem dos seus dentes agora e na vida adulta.

O que fazer quando os dentes começam a nascer?

Não são apenas as crianças maiores que precisam dos cuidados da odontopediatria. Na verdade, as consultas devem iniciar assim que começam a nascer os primeiros dentes de leite. Isso acontece por volta dos 6 meses e continua até os 3 anos de idade, em média.

A erupção dos dentes causa desconforto, as gengivas ficam sensíveis e irritadas, então, para proporcionar bem-estar ao pequeno você pode massagear a gengiva com o dedo ou uma colher fria. Oferecer um mordedor que tenha ficado na geladeira é outra opção, porque a baixa temperatura minimiza o processo inflamatório.

É importante ficar atento caso o nascimento dos dentes de leite provoque febre ou outros sintomas mais expressivos. Nesse caso, é fundamental consultar o dentista e o pediatra para que medicamentos sejam receitados.

Como escovar os dentes de uma criança?

Os dentes das crianças precisam ser escovados e isso deve ser feito com uma escova com cerdas macias e um creme dental com flúor. Existem produtos específicos para a fase da infância e eles são bem-vindos porque são desenvolvidos especificamente para os pequenos.

Os pais precisam assessorar os filhos na higienização bucal enquanto eles ainda não tiverem desenvolvido a coordenação motora necessária para fazê-la sozinhos. Além disso, também devem ter maturidade para entender que o creme dental não pode ser ingerido.

Na escovação, proceda da seguinte forma:

  1. coloque uma quantidade de creme dental na escova, equivalente a um grão de arroz cru;
  2. escove os dentes posicionando a escova a 45° graus. Faça movimentos da frente para trás;
  3. escove a face interna, aquela que tem contato com a bochecha. Mais uma vez posicione a escova em 45° graus e escove delicadamente;
  4. a coroa, parte de cima responsável pela mastigação, deve ser escovada com movimentos de trás para frente;
  5. peça para a criança cuspir a espuma e colocar a língua para fora da boca. Escove-a puxando os resíduos como se estivesse varrendo, sempre do fundo em direção à ponta;
  6. mais uma vez peça para a criança cuspir e ofereça um pouco de água para ela fazer bochechos. Pronto! Dentes escovados.

Com que frequência a criança deve ir ao dentista?

Para todos é recomendado fazer visitas ao dentista a cada 6 meses. Entretanto, converse com o especialista responsável pelo seu filho para que ele observe as necessidades da criança e instrua sobre a periodicidade ideal.

Apenas não deixe de fazer essas visitas, porque os cuidados da odontopediatria são fundamentais para que seus filhos tenham dentes saudáveis agora e na vida adulta. Não se esqueça que os cuidados em casa são fundamentais e a criança precisa de suporte até conseguir fazer isso sozinha.

Gostou das informações? Então receba conteúdos interessantes como este diretamente em seu e-mail. Basta assinar a nossa newsletter!

Sobre Dra Caroline

Dra Caroline Wolff Marra
Coordenadora Clínica da Vital Implantes e Tratamentos dentários
CRO: 10849-DF
Graduada em 2014 pela Universidade Católica de Brasília

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *