Fique atento: fazer um checkup odontológico é sempre importante

Tempo de leitura: 6 minutos

Com que frequência você vai ao dentista? Somente quando está com dor? Pois saiba que o checkup odontológico semestral garante o seu sorriso saudável e pode evitar tratamentos longos, cirurgias e até a retirada de dentes.

Além disso, o fato é que a saúde começa pela boca, ou seja, prevenir doenças orais é essencial para evitar outros problemas no organismo.

Dessa forma, é preciso ter o hábito de ir à consulta odontológica periodicamente. O dentista fará uma avaliação minuciosa da sua boca, uma limpeza completa e exames, se necessário. Neste artigo, vamos mostrar por que é importante fazer esse acompanhamento. Confira!

Tratar as doenças no início

Muita gente tem pavor ao imaginar que está deitado na cadeira do dentista com o famoso motorzinho. Isso acontece porque as pessoas têm o hábito de procurar esse profissional somente quando há um problema instalado e não como uma forma de prevenção de doenças bucais.

O paciente que vai às consultas odontológicas de rotina consegue manter a saúde dos dentes e da gengiva em dia. Caso tenha algum problema, como uma cárie, certamente será superficial, ou seja, o tratamento é realizado em um tempo curto e, muitas vezes, até sem anestesia.

Agora, se a pessoa não vai ao dentista e tem uma cárie, o problema pode aumentar: as bactérias começam a se proliferar e podem atingir a raiz do dente, situação que exige um tratamento de canal radicular ou até a retirada do dente.

Outro problema que o dentista consegue observar é a gengivite, uma inflamação que deixa as gengivas sensíveis e pode evoluir para a periodontite, doença que atinge a estrutura dental.

Radiografias

No checkup odontológico, o dentista pode utilizar o Raio-X para verificar se há algum problema “escondido”, como uma cárie entre os dentes.

A fim de fazer esse exame, o paciente coloca um colete de chumbo por conta da radiação. Mas saiba que o procedimento é rápido e seguro, e vai orientar o dentista para o tratamento, se necessário.

Câncer de boca

Ao avaliar cada cantinho da boca do paciente, o dentista consegue perceber a gravidade de uma ferida, que pode ser o início de um câncer de boca. Um caso que, se diagnosticado logo no início, consegue ter chances altas de cura.

Fazer a limpeza completa

A limpeza (profilaxia) realizada no checkup odontológico consegue remover a placa bacteriana e o tártaro, que ficam aderidos aos dentes e não saem com a higienização caseira.

O dentista utiliza escovas rotatórias com pasta profilática e jatos de bicarbonato de sódio para limpar todas as regiões da estrutura dental e a parte mais interna das gengivas. Além de limpar, o procedimento vai deixar seus dentes polidos e mais bonitos.

Pode ser necessário também o processo de raspagem com instrumentos específicos para garantir a total remoção da placa e do tártaro.

Frequência

O ideal é que a profilaxia seja realizada de seis em seis meses. Caso haja muita formação de placa e tártaro, o dentista pode recomendar o procedimento a cada três meses.

É importante salientar que, apesar da limpeza dental realizada no consultório ser bastante completa, ela não substitui a higienização bucal realizada em casa após as refeições e antes de dormir.

Efetuar a aplicação de flúor

Para fortificar os dentes, o dentista realiza a aplicação de flúor — mineral que ajuda na produção de potássio e cálcio, impedindo, assim, o enfraquecimento do esmalte dentário (a camada mais externa da estrutura dental).

O flúor tem um efeito protetor porque reduz a progressão das cáries. Geralmente, a substância administrada pelo dentista está em solução ou em gel, e pode ser aplicada com uma escova, um cotonete, na forma de bochecho ou com o auxílio de uma moldeira.

Após a aplicação da substância, é recomendado ficar sem comer durante uma hora para que os dentes absorvam o flúor e os resultados sejam potencializados.

Realizar tratamento ortodôntico

O dentista vai avaliar a situação dos seus dentes, mordidas e arcadas dentárias, e pode indicar um tratamento ortodôntico.

No checkup odontológico, ele consegue verificar, por exemplo, se um dente está empurrando os outros ou até mesmo sugerir a correção com aparelhos por questões estéticas.

Hoje os tratamentos ortodônticos apresentam bons resultados e muitos deles são bastante discretos, ou seja, qualquer adulto pode ter um sorriso alinhado.

Há aparelhos que são colocados na face interna dos dentes (linguais) e outros que são transparentes e até invisíveis.

Reforçar as orientações de saúde bucal

Será que estou fazendo a escovação dental correta? Ao visitar o dentista regularmente, você tem essa resposta.

Ao observar cada cantinho da sua boca, o profissional avalia como estão os seus cuidados diários com a saúde bucal.

Dessa forma, o checkup odontológico é importante a fim de reforçar as orientações de higienização oral e para corrigir hábitos errados.

Prevenir doenças no organismo

Pesquisas apontam que muitas doenças do organismo são originadas por problemas de saúde bucal. As bactérias da boca podem provocar doenças cardíacas e aumentar o risco de diabetes.

No caso de gestantes, doenças orais podem contribuir para o parto prematuro — por isso, é tão importante que as grávidas realizem o pré-natal odontológico.

Dor de cabeça

Muitas pessoas sofrem com fortes dores de cabeça ou no pescoço e nem desconfiam que as causas podem ser problemas bucais, como a disfunção da ATM, o bruxismo ou a posição incorreta dos dentes.

Assim, ao visitar o consultório dentário com regularidade, você cuida da sua saúde e do seu bem-estar.

Evitar o medo de dentista nas crianças

Visitar o dentista a cada seis meses deve fazer parte dos cuidados de saúde das crianças. O odontopediatra vai acompanhar a saúde dos dentes, bem como o desenvolvimento ósseo dos pequenos.

Caso haja alguma anormalidade, o profissional consegue intervir para que o crescimento seja adequado. Pode ser necessário, por exemplo, um tratamento ortodôntico, que deixará a mordida correta e dentes alinhados.

Ir desde cedo ao dentista vira um hábito para as crianças, que crescem sem ter medo do tratamento odontológico.

Inclua na sua agenda o checkup odontológico. Assim, você previne e cuida de doenças bucais e, consequentemente, zela pela sua saúde em geral. As visitas regulares ao dentista devem fazer parte da rotina de todos da sua família — inclusive das crianças.

Gostou deste artigo sobre prevenção de problemas bucais? Quer mais informações sobre cuidados odontológicos? Então, assine a nossa newsletter!

Sobre Dr. Francisco

Dr. Francisco de Oliveira Castro
Dentista avaliador na clínica Vital Implantes.
CRO-DF 9447
Graduado em 1997 pela FELA-INCA/UEMG;
Pós-graduando em Implantodontia na EAP-ABO de Campo Belo - MG.

2 Comentários

  1. Patricia

    Perdi vários dentes, por quimeo e barberagem de dentista do interior mesmo. Quando criança minha mãe tb não nos ensinava a cuidar dos dentes. Gostaria de saber se os implanres são teleguiados por computação.
    Tenho prediabetes apesar de cuidar com alimentação, fibromialgia e polineuropatia. E como fiz outro implante e sofri muito, quero saber se houve uma melhora de tecnicas atualmente.
    Espero resposta… Obrigada… Abço.

    Responder

    1. Olá Patrícia! Somente em uma consulta de avaliação nossos especialistas poderão diagnosticar melhor o seu caso e traçar um plano de tratamento, além de esclarecer todas as suas dúvidas. Poderia por gentileza entrar em contato por whatsapp http://bit.ly/WhatsAppVital
      ou ligar em nossa clínica.
      Brasília 061-3032-5666
      Goiânia 062-3996-6666
      Um abraço!

      Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *