Extração de dente siso: confira 13 cuidados que você deve tomar

Tempo de leitura: 7 minutos

Certamente você conhece alguém que precisou fazer a extração de dente siso. Afinal, esse é um procedimento bastante comum, porque nem sempre os dentes sisos crescem na posição ideal, o que causa complicações para a saúde bucal.

Os dentes sisos podem ficar inclusos, ou seja, presos no tecido ósseo em uma posição que impede que eles rompam a gengiva e cresçam. Também há casos em que o paciente não tem espaço em sua boca para esses dentes. Nessas e outras situações a extração é indicada a fim de evitar problemas, como cistos.

Neste post, vamos falar um pouco sobre essa cirurgia e os cuidados que devem ser tomados no pós-operatório. Continue lendo e confira!

O procedimento de extração de dente siso

O ser humano tem quatro dentes sisos, que crescem apenas entre os 17 e 21 anos. Esses dentes ocupam o último lugar na arcada dentária, tanto inferior quanto superior.

Há quem não enfrente problemas com o nascimento dos sisos, porém muitas pessoas manifestam complicações. Para algumas, não há espaço suficiente para que os dentes cresçam e, com isso, eles empurram os demais, desalinhando-os.

Os dentes sisos também podem estar em uma posição inadequada, como na horizontal, presos ao tecido ósseo. Nesses casos, o crescimento afeta os demais dentes e causa inflamações, inchaços, infecções na gengiva, cistos e outras complicações.

Por isso, a extração é recomendada para essas pessoas a fim de garantir a saúde bucal. A grande vantagem é que, hoje, essa cirurgia é mais simples e muito segura.

A remoção do dente é realizada no consultório do cirurgião dentista. Em cerca de 30 minutos é possível fazer a extração, mas o tempo varia em função do grau de dificuldade em cada caso — o dente pode estar incluso no osso, apenas sob o tecido gengival ou pode haver a necessidade de extrair mais de um.

De toda forma, escolhendo um bom profissional, a cirurgia é rápida, indolor e não oferece riscos para o paciente. Entretanto, a boa recuperação no pós-operatório depende dos cuidados que devem ser tomados a fim de assegurar a cicatrização dos tecidos, como você verá a seguir.

13 cuidados no pós-operatório da extração de siso

Embora seja uma cirurgia simples, é preciso tomar certos cuidados no pós-operatório da extração de dente siso. Isso porque é necessário garantir que a cicatrização acontecerá rapidamente, evitando complicações. Veja a seguir algumas recomendações que auxiliam na recuperação:

1. Repouse

O repouso é a recomendação principal após a extração de dente siso. Assim, evita-se dores, desconfortos e sangramentos. Nas primeiras 24 horas, o ideal é realizar o mínimo de esforço e repousar com a cabeça pouco inclinada, sempre mais alta do que o restante do corpo.

2. Evite a exposição ao sol

O sol eleva a temperatura corporal e pode causar complicações para a cicatrização. Por isso, é recomendado evitar a exposição solar nos primeiros cinco dias. Os banhos muito quentes causam o mesmo efeito, então prefira água morna ou fria.

3. Cuide da alimentação

A alimentação é um ponto importante da recuperação, porque, durante o pós-operatório, mastigar pode ser um pouco complicado. Por isso, alguns alimentos são mais indicados do que outros.

Nos primeiros dias, prefira sopas mornas, caldos, purês e outros alimentos que não exijam força para serem ingeridos. Vitaminas, mingau, sucos, iogurtes, gelatina e sorvete também estão liberados. E lembre-se: sempre opte por pratos mornos, frios ou gelados.

Evite alimentos quentes, ácidos, duros e difíceis de mastigar. A temperatura alta causa dores e sangramentos, aumentando o tempo de cicatrização. Já os movimentos podem ferir a área operada, e os resíduos, se chegarem até lá, causam dor.

4. Mantenha a hidratação orgânica

Ingerir bastante água ajuda a manter os tecidos bucais hidratados e o fluxo salivar constante. A hidratação também mantém a imunidade do organismo e previne complicações e a proliferação de bactérias.

5. Higienize a boca adequadamente

Escovar a região operada não é recomendado nos primeiros dias, mas a boca precisa continuar sendo higienizada. Então, mantenha a escovação normalmente nos demais dentes para impedir a proliferação de bactérias, evitar as doenças bucais e que resíduos se acumulem no local operado.

O dentista recomendará como a higienização do local deve ser feita, sendo uma boa prática o uso de cotonetes para evitar o atrito excessivo. Entretanto, proceda como o profissional indicar para evitar complicações na recuperação.

6. Evite bochechos intensos

A força da água movimentada durante os bochechos também pode ferir a área operada e dificultar a recuperação. Então, ao enxaguar a sua boca bocheche delicadamente para não causar dores ou sangramentos.

7. Faça compressa de gelo no local

O gelo ajuda a reduzir o inchaço do local e reduz a sensação de dor. Mas a compressa deve ser feita na parte externa da bochecha — não coloque gelo sobre os pontos, mas, sim, no rosto à altura do local dolorido.

8. Evite fumar

O cigarro tem muitas toxinas, e a última coisa que uma ferida operatória necessita é desse tipo de substância. Elas podem desencadear inflamações e infecções na área operada, por isso evite fumar após a extração de dente siso.

9. Abstenha-se de bebidas alcoólicas

Além de a sua composição não ser adequada para a recuperação dos tecidos operados, você estará utilizando medicamentos para evitar complicações no pós-operatório. Por isso, não é recomendado ingerir bebidas alcoólicas durante essa fase de recuperação.

10. Evite a automedicação

Procure não utilizar medicamentos que não foram indicados pelo seu dentista, e isso inclui os bochechos caseiros com ervas e misturas, por exemplo. Limite-se a utilizar apenas as substâncias que o especialista receitou, e se houver algum desconforto, comunique-o e peça sua instrução sobre como proceder.

11. Não pratique atividades físicas

As atividades físicas são intensas e podem causar inchaços e sangramentos no local operado. Por isso, evite essas práticas pelo tempo recomendando pelo dentista, inclusive as tarefas em casa, que também exigem esforço. Outra recomendação é não abaixar a cabeça para não elevar a pressão na boca.

12. Não toque na área operada

Isso não deve ser feito com a mão, com objetos e, nem mesmo, com a língua. Deixe que a área operada se recupere naturalmente, para que o toque não acabe ferindo os tecidos ou interferindo em sua cicatrização. Além disso, o toque pode levar micro-organismos, causando inflamações e infecções.

13. Compareça à consulta de retorno

Seu dentista precisa acompanhar a recuperação do local operado, então, após a extração de dente siso ele agendará consultas de retorno, e você deve comparecer a elas. Assim, terá suporte do profissional para analisar se tudo está bem, se é necessário trocar alguma medicação, fazer a limpeza do local, entre outros.

A cirurgia de extração de dente siso é muito comum e segura, sua recuperação é rápida e, se seguidas as recomendações e tomados os devidos cuidados, não apresenta complicações. Por isso, ao realizá-la esteja atento ao que pode ou não ser feito, para que o pós-operatório seja tranquilo e a operação benéfica para sua saúde bucal.

Quer acompanhar outras informações sobre cuidados com a sua saúde bucal? Assine a nossa newsletter para que possamos compartilhar tudo isso com você!

Sobre Vital Implantes

O lugar certo para cuidar do seu sorriso!

Especializada em Implantes Dentários, a Vital se notabilizou por viabilizar a execução deste procedimento, até mesmo para aquelas pessoas que jamais imaginaram serem capazes de realizá-lo.

Como adquire sempre uma grande quantidade de Implantes, a Vital tem uma condição especial junto às melhores fabricas e essa mesma condição é transferida ao paciente durante a negociação do seu plano de tratamento. Dá até pra dizer que só não faz o tratamento, quem não quer.

Além de só trabalharmos com as melhores marcas de Implantes, nosso corpo clínico é formado apenas por mestres e especialistas. Dessa forma, conseguimos duas coisas muito boas: reduzimos o tempo de execução e aumentamos a qualidade do tratamento.

Claro que não fazemos apenas Implantes dentários. Temos especialistas nas áreas de periodontia, endodontia, demais cirurgias, ortodontia, prótese e dentística. Dá para fazer todos os procedimentos no mesmo lugar.

Visite uma das nossas unidades e comprove. Além de sabermos muito de odontologia, somos especializados em recebê-lo bem e viabilizar a realização do seu tratamento.

> Para agendar uma avaliação ligue:
- Brasília (61) 3032-5666
- Goiânia (62) 3996-6666

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *