Entenda quais são as diferenças entre implantes e próteses dentárias

Tempo de leitura: 6 minutos

Ter dentes bonitos e saudáveis é o desejo de qualquer pessoa, seja qual for a idade ou a classe social. No entanto, a falta de cuidados com a higiene bucal ou fatores genéticos levam à perda de dentes, o que também é comum em pessoas de todas as idades e classes.

Para resolver este problema, a odontologia conta, atualmente, com dois tratamentos: os implantes e as próteses dentárias. Apesar de serem procedimentos diferentes, ambos visam o mesmo objetivo: devolver a autoestima aos pacientes, afinal de contas, ninguém quer exibir um sorriso com dentes faltosos e passar vergonha em seu círculo social.

Além disso, a perda de dentes não afeta somente a autoestima das pessoas, mas também sua saúde bucal, pois suas funções mastigatórias são prejudicadas devido a perdas dentárias, além de outros problemas.

Se você está passando por isso e precisa repor alguns dentes na boca, mas não sabe a diferença entre implantes e próteses dentárias, continue a leitura que explicaremos melhor.

Implantes dentários

Os implantes são parafusos de titânio que são instalados na estrutura óssea do paciente com o objetivo de substituir a raiz do dente perdido. Essa raiz artificial serve de base para o dente de porcelana ou resina, que será fixado sobre ela.

A instalação do implante é feita por meio de procedimento cirúrgico, e, uma vez no local, o implante dificilmente é rejeitado pelo organismo. Isso acontece porque o titânio é muito compatível com o corpo humano e, portanto, não provoca reações.

Quais são as indicações para o implante dentário?

Os implantes são indicados para pessoas que perderam um ou mais dentes na boca. Para se submeter ao tratamento, o paciente deve primeiro tratar outros problemas bucais, como problemas na gengiva, cáries ou tártaro.

Não há limite de idade para fazer implante dentário, mas pacientes que estejam com a  diabetes ou hipertensão descompensadas, tenham doenças no sistema nervoso,  ou sejam portadoras de outros tipos de doenças crônicas não podem se submeter ao tratamento. 

No entanto, somente um profissional qualificado é capaz de dar um parecer definitivo sobre essas questões.

Como é feito o procedimento?

Para colocar o implante dentário, primeiro o dentista fará uma avaliação do paciente, e depois pedirá uma radiografia. Por meio dela, o profissional vai planejar a cirurgia e definir o tamanho dos implantes, bem como os locais em que eles serão inseridos na boca do paciente.

Caso o paciente tenha perdido os dentes há muito tempo, a radiografia permite que o dentista identifique a necessidade de se fazer enxerto ósseo antes do implante. Em alguns casos específicos, o profissional pode solicitar tomografia, exames de sangue, glicemia, coagulação, entre outros.

O procedimento é feito dentro do consultório, com anestesia local e em duas etapas. Na primeira, são colocados os parafusos de titânio, ou seja, as raízes artificiais dos dentes.

Depois da cirurgia, é necessário que o paciente aguarde um período de 3 a 6 meses para que o parafuso de titânio se incorpore ao osso e então seja feita a segunda etapa, na qual os dentes artificiais são fixados ao implante. Mas, muitas vezes, é possível fazer carga imediata, colocando os dentes artificiais até 5 dias após a cirurgia.

As próteses utilizadas na carga imediata podem ser definitivas ou provisórias. Se provisórias, elas serão substituídas pelos dentes definitivos depois de alguns meses. Essa opção de tratamento minimiza o desconforto do paciente, pois ele não vai precisar exibir uma aparência “desdentada”. Além disso, os dentes provisórios auxiliam no processo mastigatório.

Próteses dentárias

As próteses dentárias podem ser totais, parciais, fixas ou removíveis. Elas são confeccionadas com acrílico e resina e imitam o formato dos dentes naturais. Vamos às diferença entre elas:

Prótese total ou parcial removível

A prótese total é vulgarmente chamada de dentadura. Há algum tempo, ela era a melhor opção para quem tinha perdido todos os dentes. As dentaduras são feitas em acrílico e possuem gengivas artificiais, para dar mais naturalidade ao sorriso.

As próteses superiores ainda possuem palato, o que permite que se fixem no céu da boca.

A prótese parcial removível, o famoso Roach, é confeccionada com grampos metálicos, o que permite que ela seja fixada em outros dentes para dar sustentação.

Quando as próteses dentárias removíveis são indicadas?

A prótese total é indicada para pessoas que tenham perdido todos os dentes, tanto na arcada superior, quanto na inferior, coisa muito comum em pessoas na terceira idade.

Já a prótese parcial removível é indicada para pessoas que precisam repor alguns dentes na boca e não tenham condições ou não queiram se submeter ao implante dentário.

Como é feito o tratamento?

Tanto as próteses dentárias totais como as parciais são feitas sob medida em laboratório, através de um molde retirado da boca do paciente. 

No caso da prótese parcial, como ela possui uma estrutura metálica, é necessária uma consulta após ter ficado pronta, para que o dentista faça os ajustes finais.

Como o próprio nome diz, essas próteses são removíveis; portanto, o paciente poderá tirá-las para fazer a higiene bucal.

Prótese dentária fixa

A prótese fixa pode ser denominada como prótese fixa unitária ou prótese parcial fixa (ponte fixa). No primeiro caso, acontece a restauração total ou parcial da coroa de um dente. Já no segundo, a prótese substitui dois ou mais dentes perdidos.

Como o próprio nome diz, esse tipo de prótese dentária é fixo e não pode ser removido pelo paciente. O dentista só pode retirá-la com o uso de brocas especiais.

Quando as próteses fixas são indicadas?

Quando o paciente tem falta de um dente e não pode se submeter ao implante dentário por alguma restrição clínica ou simplesmente não quer passar por um procedimento cirúrgico. Afinal de contas, para colocar a prótese fixa, não é necessária cirurgia.

Como é feito o tratamento?

Antes de instalar uma prótese dentária fixa, o dentista fará um molde do dente para a confecção da coroa. Será escolhida a cor da coroa que combine com a coloração do restante dos dentes. Feito o molde, ele será enviado ao laboratório para que seja confeccionada a coroa ou prótese definitiva.

Para que os dentes de porcelana se encaixem perfeitamente na boca, é feito um desgaste nos dentes que servirão de suporte para a ponte fixa. Em alguns casos, o canal pode ser realizado nos dentes que servirão de suporte para a ponte, mas isso depende do nível de desgaste dentário.

Vale ressaltar que, mesmo que você tenha informações a respeito dos tipos de tratamentos para substituir os dentes faltosos na boca, somente um profissional qualificado poderá indicar se a melhor solução para seu caso são os implantes ou as próteses dentárias.

Quer receber outras informações sobre tratamentos odontológicos? Assine nossa newsletter e receba informações diretamente em seu e-mail!

Sobre Vital Implantes

O lugar certo para cuidar do seu sorriso!

Especializada em Implantes Dentários, a Vital se notabilizou por viabilizar a execução deste procedimento, até mesmo para aquelas pessoas que jamais imaginaram serem capazes de realizá-lo.

Como adquire sempre uma grande quantidade de Implantes, a Vital tem uma condição especial junto às melhores fabricas e essa mesma condição é transferida ao paciente durante a negociação do seu plano de tratamento. Dá até pra dizer que só não faz o tratamento, quem não quer.

Além de só trabalharmos com as melhores marcas de Implantes, nosso corpo clínico é formado apenas por mestres e especialistas. Dessa forma, conseguimos duas coisas muito boas: reduzimos o tempo de execução e aumentamos a qualidade do tratamento.

Claro que não fazemos apenas Implantes dentários. Temos especialistas nas áreas de periodontia, endodontia, demais cirurgias, ortodontia, prótese e dentística. Dá para fazer todos os procedimentos no mesmo lugar.

Visite uma das nossas unidades e comprove. Além de sabermos muito de odontologia, somos especializados em recebê-lo bem e viabilizar a realização do seu tratamento.

> Para agendar uma avaliação ligue:
- Brasília (61) 3032-5666
- Goiânia (62) 3996-6666

12 Comentários

  1. Antônio Rodrigues Honório

    Eu preciso fazer implantes de 6 dentes superiores quero saber se tem como pagar parcelado e se tem como pagar tudo primeiro pra depois realizar o treinamento

    Responder
    1. Vital Implantes

      Olá Antônio
      Poderia, por gentileza, agendar um horário ligando para um dos fones abaixo?
      Fique tranquilo, acharemos uma forma de você fazer seu tratamento.
      Brasília 061-3032-5666
      Goiânia 062-3996-6666
      Um abraço!

      Responder
    1. Vital Implantes

      Olá,
      Poderia por gentileza agendar um horário ligando para um dos fones abaixo?
      Brasília 061-3032-5666
      Goiânia 062-3996-6666
      Um abraço!

      Responder
          1. maria

            boa noite ha muito tempo uso a prótese superior e inferior mas a cada dia me sinto pior usando principalmente a inferior mas o que ganho e pouco pra fazer esse implante.


          2. Olá Maria!
            Poderia por gentileza preencher o formulário nesse link para agendar uma avaliação http://bit.ly/2vIhTZR
            ou ligar em nossa clínica.
            Brasília 061-3032-5666
            Goiânia 062-3996-6666
            Um abraço!


          3. Olá Maria!
            Poderia por gentileza preencher o formulário nesse link para agendar uma avaliação http://bit.ly/2vIhTZR
            ou ligar em nossa clínica.
            Brasília 061-3032-5666
            Goiânia 062-3996-6666
            Um abraço!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *