Entenda como é a plástica gengival

Tempo de leitura: 6 minutos

Muitas são as técnicas e os tratamentos que podem ser usados para garantir um sorriso mais bonito, seja buscando melhorar a coloração dos dentes, o posicionamento ou outras questões estéticas. Além dos dentes, um dos pontos que muito influencia a beleza e a harmonia do sorriso é a gengiva.

Algumas pessoas apresentam uma exposição excessiva da gengiva — chamada de sorriso gengival — ou sofrem com a retração e outros problemas que levam à desarmonia no sorriso.

Para esses casos, a plástica gengival é extremamente recomendada, e pode ajudar a deixar o sorriso mais bonito e ainda a melhorar a autoestima. Quer saber mais sobre esse assunto? Então, continue a leitura e confira!

O que é a plástica gengival?

Embora a plástica gengival seja a menos conhecida entre os tratamentos odontológicos, ela é uma prática relativamente comum nos consultórios dos dentistas, e é capaz de ajudar muitas pessoas a terem um sorriso mais harmônico.

Essa técnica também pode ser conhecida por outros nomes, como gengivoplastia ou cirurgia periodontal. Ainda que todos os dentistas estejam habilitados para realizarem esse procedimento, é mais recomendado que ele seja feito pelo periodontista — que é o profissional especializado na região da gengiva.

Geralmente, a plástica gengival é indicada apenas para corrigir defeitos nas gengivas e nos tecidos moles que acarretam problemas estéticos aos pacientes. Por isso, somente são aptos a realizarem o procedimento aqueles pacientes que estejam saudáveis e não apresentem nenhum outro problema bucal.

Para quem a plástica gengival é indicada?

A plástica gengival pode ser indicada em algumas situações, principalmente para casos em que o paciente apresenta mau posicionamento e desalinhamento da gengiva, como:

  • a gengiva parece ser grande demais e acaba ficando exposta quando o paciente sorri — é o que chamamos de sorriso gengival;
  • a gengiva está retraída e acaba deixando expostas as raízes dentais, causando problemas que podem ir além do incômodo apenas estético;
  • a gengiva é mais fina que o usual e apresenta um contorno esteticamente desagradável, salientando as raízes escurecidas causadas por tratamentos problemáticos, como de canal ou de implantes osseointegrados;
  • existem manchas que podem interferir na beleza e na harmonia do sorriso.

Se, além da plástica gengival, você estiver pensando em realizar outros tratamentos odontológicos, é necessário conversar com seu dentista para identificar o momento mais adequado para a plástica.

Normalmente, ela costuma ser realizada com, no mínimo, 3 meses de antecedência de tratamentos como próteses dentárias ou facetas de porcelana, já que a gengiva tem um processo de cicatrização mais demorado e delicado. Por isso, o planejamento adequado é essencial.

A plástica gengival é sempre feita da mesma forma?

O tratamento nem sempre é feito da mesma forma. Embora muitas técnicas estejam agrupadas sob o nome de “plástica gengival”, existem diferenças significativas de acordo com as correções a serem feitas em cada paciente. Conheça os métodos mais usados.

Gengivectomia

Essa é uma cirurgia periodontal indicada para aqueles tratamentos em que apenas o recorte gengival não basta para harmonizar o sorriso. Assim, esse tipo de procedimento vai muito além do que apenas o recorte da borda livre da gengiva, abrangendo outras estruturas, como os ligamentos periodontais e os ossos.

Como essa é uma cirurgia mais complexa, o tempo de recuperação também é maior, com 90 dias no mínimo. Nos casos mais delicados, esse tempo pode chegar a até 6 meses, garantindo que as gengivas se recuperem totalmente e o paciente esteja liberado para outros tipos de tratamentos.

Gengivoplastia

Ao contrário da anterior, a gengivoplastia é uma cirurgia um pouco mais simples, porque implica apenas na remoção e na reconstrução do contorno da gengiva que fica ao redor do dente.

Por isso, ela também é mais rápida de ser realizada, normalmente, em uma só consulta. O dentista apenas retirará o excesso de gengiva que está comprometendo a harmonia do sorriso, sem envolver as demais estruturas.

Mas, apesar de simples, o paciente deverá respeitar o tempo de recuperação, que pode ser de até 60 dias — principalmente se outros procedimentos forem ser realizados.

Enxerto gengival

Essa é a técnica indicada para aqueles pacientes que apresentam retração gengival, causando a exposição das raízes dentárias. Nessas situações, além das queixas estéticas, é normal que as pessoas apresentem dores e sensibilidade ao frio ou aos alimentos mais ácidos.

Quem sofre com retração precisa procurar tratamento, porque, além do desconforto, esse paciente está mais exposto a problemas como a gengivite e periodontite, uma vez que existe uma chance maior de retenção de bactérias.

De todas os tratamentos que citamos até aqui, o enxerto é o mais complexo e com menor grau de previsibilidade. Para o procedimento, os enxertos gengivais são coletados do próprio paciente e depois inseridos sobre as raízes retraídas.

Existem muitos fatores que podem interferir no resultado e até aumentarem as chances da necessidade de refazer o procedimento, por isso é fundamental que o profissional escolhido esteja acostumado a realizar esse tipo de cirurgia.

Reposicionamento da margem gengival

Essa cirurgia é indicada apenas para casos bem específicos de retração, nos quais não são usados os enxertos tradicionais retirados do palato. Nessas situações, o dentista vai livrar a borda gengival da região com problema e reposicioná-la no local correto.

Apesar de ser um tratamento mais simples que o enxerto tradicional, nem sempre as taxas de sucesso são altas e é preciso pesar os prós e os contras antes de se decidir por essa técnica.

Quais são os cuidados após uma plástica gengival?

Existem alguns cuidados básicos que devem ser tomados por quem se submete a uma plástica gengival. Já nas primeiras 24 horas após a cirurgia é preciso:

  • evitar ingerir alimentos sólidos, quentes e fibrosos;
  • não realizar atividades físicas;
  • não escovar diretamente a área da gengiva recém-operada;
  • realizar compressas frias, buscando reduzir o inchaço (apenas se o dentista orientar nesse sentido);
  • evitar falar, soprar, cantar etc.

Na primeira semana após a cirurgia ainda existem alguns cuidados que devem ser tomados, como:

  • não permitir que alimentos sólidos e fibrosos entrem em contato com o local operado;
  • não escovar o local da cirurgia;
  • realizar bochechos pelo menos três vezes por dia com medicamentos específicos receitados pelo dentista;
  • retornar ao consultório para a limpeza da área.

Geralmente, somente depois de um mês de cirurgia é que será possível escovar a área operada. Mas é importante lembrar que essas são recomendações gerais, e podem variar de acordo com o procedimento realizado.

Depois de ler essas informações, ficou mais fácil entender o que é e quais são as indicações da plástica gengival, não é? Quer ficar por dentro de outros conteúdos com este? Então, siga as nossas redes sociais: estamos no Facebook e no Instagram!

Sobre Vital Implantes

O lugar certo para cuidar do seu sorriso!

Especializada em Implantes Dentários, a Vital se notabilizou por viabilizar a execução deste procedimento, até mesmo para aquelas pessoas que jamais imaginaram serem capazes de realizá-lo.

Como adquire sempre uma grande quantidade de Implantes, a Vital tem uma condição especial junto às melhores fabricas e essa mesma condição é transferida ao paciente durante a negociação do seu plano de tratamento. Dá até pra dizer que só não faz o tratamento, quem não quer.

Além de só trabalharmos com as melhores marcas de Implantes, nosso corpo clínico é formado apenas por mestres e especialistas. Dessa forma, conseguimos duas coisas muito boas: reduzimos o tempo de execução e aumentamos a qualidade do tratamento.

Claro que não fazemos apenas Implantes dentários. Temos especialistas nas áreas de periodontia, endodontia, demais cirurgias, ortodontia, prótese e dentística. Dá para fazer todos os procedimentos no mesmo lugar.

Visite uma das nossas unidades e comprove. Além de sabermos muito de odontologia, somos especializados em recebê-lo bem e viabilizar a realização do seu tratamento.

> Para agendar uma avaliação ligue:
- Brasília (61) 3032-5666
- Goiânia (62) 3996-6666

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *