Cuidado com os doces! Veja como eles afetam sua saúde bucal

Tempo de leitura: 6 minutos

Todo mundo sabe que um docinho sempre vai bem! Deixa adultos e crianças mais felizes e, às vezes, até ajuda a diminuir a tensão do dia a dia. Porém, os prejuízos que esses alimentos causam ao corpo, como a obesidade, o aumento do colesterol e até o surgimento da diabetes, devem ser considerados.

Contudo, os danos não param por aí: muita gente se esquece dos efeitos nocivos desses alimentos à saúde bucal! Eles podem causar cáries e outros problemas mais sérios, por isso, cuidado com os doces.

Mas calma! Ninguém precisa retirar em definitivo esses alimentos da dieta. Neste artigo, vamos mostrar como os doces afetam a saúde bucal e as formas de proteger os dentes sem necessariamente evitar as guloseimas. Acompanhe!

Por que os doces fazem mal à saúde bucal?

Chocolate, bolo, bala, chiclete e outras delícias açucaradas oferecem, de fato, um prazer ao paladar. O problema é que seu consumo em excesso traz riscos à saúde bucal, especialmente à estrutura dos dentes.

A questão é que esses alimentos têm como ingrediente principal o açúcar refinado (sacarose), e é aí que mora o perigo. Ao ingerirmos um inocente docinho, o açúcar fica aderido aos dentes e, em contato com as bactérias da boca, fazem com que elas produzam ácidos que vão, aos poucos, desmineralizando o dente: atacam, dessa forma, o esmalte, a camada mais externa da estrutura dental.

Resumindo: de todos os restos de alimentos que podem ficar na nossa boca, aqueles que contêm açúcar são os piores, porque o ingrediente se torna um “banquete” para as bactérias e o ataque ácido que elas provocam destroem os dentes.

Perda do dente

Assim, está formado o caminho para o desenvolvimento da placa bacteriana, do tártaro e da cárie, que caso não tratada a tempo, pode atacar a raiz do dente (sendo necessário um tratamento de canal) ou sua estrutura de suporte (periodontite), podendo levar à sua perda.

Além da cárie, quando o dente sofre essa erosão, a dentina (sua camada mais interna) fica exposta e a pessoa pode desenvolver sensibilidade dentária. Nesse caso, ela sente dor ao consumir alimentos quentes, gelados ou muito doces, o que afeta seu dia a dia e a qualidade de vida.

Como proteger os dentes dos doces?

Se você não abre mão de um docinho de vez em quando, fique calmo! O grande problema aqui é o consumo de doces e de outros alimentos que contêm o açúcar industrializado em excesso, sem a devida higienização bucal na sequência.

Muita gente pensa que o açúcar está presente somente nos doces, como bolachas, brigadeiro, bala de goma etc. Porém, o ingrediente faz parte de vários alimentos e bebidas industrializados, por isso é sempre importante ficar atento aos rótulos. Você sabia que uma latinha de molho de tomate ou o ketchup têm uma quantidade elevada de açúcar?

Higienização completa

Por isso, é preciso muita atenção! O primeiro cuidado é sempre escovar os dentes depois que comer um doce ou alimento que contém açúcar. Mas estamos falando de escovar de verdade, fazer uma higienização completa! É necessário ter paciência e começar passando o fio dental entre todos os dentes para retirar o resto de açúcar que fica escondido.

Depois, utilize uma pasta de dente com flúor (mineral que protege o esmalte dentário) e uma escova de cerdas macias. Faça movimentos suaves e circulares em todos os dentes. Lembre-se também de limpar a língua. 

Truques para reduzir os danos

Como sabemos que tem muita gente que sofre se ficar longe de um doce, elencamos abaixo alguns truques para evitar grandes danos à boca:

  • procure comer um doce sempre junto de uma refeição, como a sobremesa, porque desse modo a chance de fazer a higienização bucal na sequência é maior;
  • evite doces muito grudentos, como balas de goma, bolos com recheio e coberturas, brigadeiro, já que a chance do açúcar ficar mais tempo aderido ao dente é maior, visto que a saliva, que tem como função limpar e proteger os dentes, não será suficiente para retirar grande parte desse açúcar;
  • evite também doces que ficam muito tempo na boca, como balas, pirulitos e chicletes. Muita gente tem o hábito de mascar chiclete até para relaxar. Se esse for o seu caso, opte pelas versões sem açúcar;
  • se você tem a mania de comer doces ao longo do dia, procure beber bastante água, caso não consiga fazer a escovação em seguida. A água ajuda a limpar os dentes, retirando parte dos restos de alimentos e ajudando na produção de saliva;
  • em hipótese alguma consuma um doce antes de dormir sem escovar os dentes depois. Na hora do sono, a produção de saliva é pequena e o açúcar que ficar na sua boca será um prato cheio para as bactérias e o desenvolvimento de sérios problemas bucais. O mesmo vale para quem tem o costume de “assaltar” a geladeira de madrugada;
  • procure substituir os doces por frutas e se esforce para manter uma alimentação balanceada: será bom não só para a sua saúde bucal, como também para todo o organismo.

Qual é o método mais eficaz de prevenção para os “doceiros”?

Se você come muito doce e não consegue ser regrado com a higienização bucal, vá ao dentista regularmente. Nas consultas, é possível detectar problemas que estão no início, como uma cárie, simplificando o tratamento e o desgaste no dente.

Além disso, é uma boa oportunidade para a profilaxia, aquela limpeza mais completa, e aplicação de flúor. O mineral previne o processo de desmineralização do esmalte dentário provocado pelas bactérias que causam as cáries.

Crianças

As consultas de rotina devem ser incorporadas também aos cuidados de saúde das crianças, que adoram doces e não se preocupam com a escovação. O odontopediatra faz a prevenção e tratamento de problemas bucais, além de orientar sobre a forma correta da escovação.

Como você pôde ver, é fundamental ter cuidado com os doces, os grandes vilões da saúde bucal. Por isso, é preciso evitar seu consumo em excesso, ser disciplinado com a higienização bucal e consultar o dentista com regularidade.

Gostou das nossas informações? Quer continuar se informando sobre o assunto? Então, entenda também a relação entre os hábitos alimentares e a saúde bucal neste post!

Sobre Vital Implantes

O lugar certo para cuidar do seu sorriso!

Especializada em Implantes Dentários, a Vital se notabilizou por viabilizar a execução deste procedimento, até mesmo para aquelas pessoas que jamais imaginaram serem capazes de realizá-lo.

Como adquire sempre uma grande quantidade de Implantes, a Vital tem uma condição especial junto às melhores fabricas e essa mesma condição é transferida ao paciente durante a negociação do seu plano de tratamento. Dá até pra dizer que só não faz o tratamento, quem não quer.

Além de só trabalharmos com as melhores marcas de Implantes, nosso corpo clínico é formado apenas por mestres e especialistas. Dessa forma, conseguimos duas coisas muito boas: reduzimos o tempo de execução e aumentamos a qualidade do tratamento.

Claro que não fazemos apenas Implantes dentários. Temos especialistas nas áreas de periodontia, endodontia, demais cirurgias, ortodontia, prótese e dentística. Dá para fazer todos os procedimentos no mesmo lugar.

Visite uma das nossas unidades e comprove. Além de sabermos muito de odontologia, somos especializados em recebê-lo bem e viabilizar a realização do seu tratamento.

> Para agendar uma avaliação ligue:
- Brasília (61) 3032-5666
- Goiânia (62) 3996-6666

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *