Consulta de avaliação do dentista: 8 motivos para não faltar

Tempo de leitura: 7 minutos

É muito comum que depois de agendar uma consulta de avaliação com o dentista as pessoas acabem pedindo um reagendamento, adiando essa data. Algumas vezes chegam a cancelar o atendimento e deixam para um momento que lhes pareça mais adequado.

Porém, essa prática não é vantajosa para o paciente, porque a primeira consulta com o dentista é muito importante e, por isso, não é recomendado faltar a ela. Mas você sabe por que é preciso comprometimento com esse horário agendado?

Continue lendo este artigo para entender os motivos que explicam os benefícios da consulta de avaliação e mostram como ela é determinante para a saúde bucal. Confira!

1. Avaliação da saúde bucal de um modo geral

Durante a consulta de avaliação, o dentista examina tanto os dentes quanto a boca de um modo geral, observando as gengivas, as bochechas, a língua e outras partes para ter certeza de que não há nenhuma anomalia.

Além das doenças “comuns”, como a cárie e a gengivite, o profissional também avalia a presença de sintomas que podem indicar problemas mais graves. Essa avaliação diagnostica feridas, infecções, nódulos, inflamações e outros distúrbios que requerem cuidados maiores.

É claro que nem todas as pessoas vão sempre apresentar algum problema mais sério. Porém, quando ele está presente, a consulta de avaliação é essencial para que o dentista possa diagnosticá-lo logo no começo e iniciar o tratamento adequado, antes que o quadro se estenda ou se agrave.

2. Prevenção de doenças e problemas bucais

Com um diagnóstico precoce de problemas bucais, transtornos mais graves são evitados, como foi dito no tópico anterior. Uma gengivite não tratada, por exemplo, pode evoluir para uma doença periodontal, que afeta os tecidos de sustentação dos dentes e pode até mesmo ocasionar a perda de um ou mais dentes.

Uma cárie pode agravar-se e comprometer as partes nervosas do dente. A exposição da raiz pode causar complicações como erosão ou a cárie radicular. Ou seja, muitos problemas podem ser prevenidos quando o dentista é capaz de avaliar situações de risco na primeira consulta.

3. Limpeza profissional dos dentes

Uma coisa é certa na consulta de avaliação com o dentista: ele vai pedir para agendar um horário para fazer a limpeza profissional ou talvez já a faça no mesmo dia. Isso acontece porque é a limpeza que vai ajudar na prevenção de problemas, sendo indicada até para quem está com a saúde bucal em dia.

Na limpeza, o dentista elimina a placa bacteriana, higieniza a linha da gengiva, faz a remoção do tártaro, elimina manchas superficiais do esmalte dentário e ainda faz a aplicação de flúor. Ou seja, são ações que não podem ser feitas em casa, e por isso precisam do suporte de um profissional.

4. Prevenção de problemas de saúde

Se você já ouviu falar que a saúde começa pela boca, saiba que essa frase está certíssima. Problemas bucais podem causar desequilíbrios no organismo, por isso ir ao dentista para sua consulta de avaliação deve fazer parte do seu checkup.

Um fato que merece destaque são as bactérias que estão presentes no tártaro dental. Esses micro-organismos podem ocasionar problemas cardíacos, porque eles atacam o coração e provocam uma séria infecção.

Trata-se da endocardite bacteriana, quadro em que as bactérias se infiltram na corrente sanguínea e chegam até o coração, onde comprometem, em especial, as válvulas cardíacas. Essa doença é grave e pode levar a pessoa ao óbito.

A consulta de avaliação também ajuda a diagnosticar o bruxismo, por exemplo, condição que causa o desgaste dentário e pode afetar a articulação temporomandibular, causando os problemas de ATM. E é por essas e outras razões que comparecer ao primeiro atendimento auxilia a cuidar de todo o seu organismo.

5. Manutenção da estética dos dentes

Além das questões de saúde, a consulta de avaliação com o dentista também possibilita tratar a estética dos dentes. E isso não é algo supérfluo, já que afeta a imagem e tem um forte impacto na autoestima e na aceitação social.

O dentista pode orientar sobre opções de tratamentos dentários com finalidades estéticas e funcionais. Esse é o caso do clareamento, do uso de aparelhos ortodônticos, da colocação de implantes, de facetas e de lentes de contato, das restaurações, entre outros.

Essas intervenções tanto melhoram a aparência do sorriso quanto ajudam a aumentar a qualidade de vida do paciente. Isso acontece porque um implante, por exemplo, além de promover a reabilitação oral também auxilia a retomar a mastigação ideal, sem que haja comprometimento dos ossos faciais ou problemas digestivos pela trituração ineficiente.

6. Proteção dos dentes

Como você pôde ver no item 3, durante a limpeza dos dentes no consultório, o dentista finaliza o procedimento com a aplicação do flúor, um passo fundamental para proteger os dentes tanto de crianças quanto de adultos.

O flúor é um mineral que ajuda a fortalecer a arcada dentária, protegendo-a contra o ataque das cáries. Os cremes dentais são enriquecidos com essa substância para auxiliar na proteção no dia a dia, mas na consulta com o dentista é feita a aplicação direta do produto, ou seja, é dada uma proteção extra para seus dentes.

7. Instrução sobre como proceder em casa 

Na consulta de avaliação, o dentista também observa se a higienização diária é feita de modo adequado, assim como se o paciente não está colocando força demais na escovação e se as gengivas estão bem-cuidadas. Ele verifica, ainda, a presença da placa bacteriana e do tártaro.

Quando identifica algum problema relacionado aos hábitos da pessoa, ele a orienta sobre a melhor maneira de proceder. É muito comum, por exemplo, que as pessoas utilizem a escova de dentes errada ou façam um atrito excessivo na hora da escovação.

Isso pode causar a retração gengival, um problema que provoca a exposição da raiz, causa sensibilidade e pode evoluir para outros distúrbios maiores e mais sérios, como as já citadas cárie radicular e erosão.

O dentista também indica os melhores produtos para serem utilizados, orienta sobre a alimentação, o modo certo de usar o fio dental, entre outras questões importantes que fazem parte dos hábitos e da rotina da pessoa.

8. Diagnóstico precoce do câncer de boca

O câncer de boca é uma doença grave que pode começar de forma silenciosa e indolor para o paciente. Alterações na cor dos tecidos bucais, pequenas bolhas ou feridas que não doem, mudanças na textura do tecido e nódulos são alguns sintomas desse problema.

Na consulta de rotina com o dentista ele também analisa cada um desses fatores e observa se não há nenhuma alteração no aspecto saudável das bochechas, da língua e das outras partes da boca, além de procurar por essas formações anômalas que podem indicar a doença.

Com isso, é possível iniciar um tratamento ainda no começo da doença, o que impede que ela avance, reduz a agressividade do método de tratamento adotado e ainda oferece maiores percentuais de chance de cura.

Como você pôde ver, a consulta de avaliação é muito importante para sua saúde bucal e orgânica, por isso você não deve faltar a ela. O recomendado é que pessoas que não fazem tratamentos contínuos passem por um atendimento a cada seis meses.

Lembre-se de que as crianças também precisam ir ao dentista, ainda que não tenham trocado os dentes de leite pelos permanentes. Portanto, quando for agendar a sua consulta de avaliação, também agende para os pequenos com o Odontopediatra.

São muitas as razões para não faltar à consulta de avaliação, não é? Tão importante quanto esse atendimento é o checkup odontológico. Quer saber por quê? Leia agora mesmo este post e descubra!

Sobre Vital Implantes

O lugar certo para cuidar do seu sorriso!

Especializada em Implantes Dentários, a Vital se notabilizou por viabilizar a execução deste procedimento, até mesmo para aquelas pessoas que jamais imaginaram serem capazes de realizá-lo.

Como adquire sempre uma grande quantidade de Implantes, a Vital tem uma condição especial junto às melhores fabricas e essa mesma condição é transferida ao paciente durante a negociação do seu plano de tratamento. Dá até pra dizer que só não faz o tratamento, quem não quer.

Além de só trabalharmos com as melhores marcas de Implantes, nosso corpo clínico é formado apenas por mestres e especialistas. Dessa forma, conseguimos duas coisas muito boas: reduzimos o tempo de execução e aumentamos a qualidade do tratamento.

Claro que não fazemos apenas Implantes dentários. Temos especialistas nas áreas de periodontia, endodontia, demais cirurgias, ortodontia, prótese e dentística. Dá para fazer todos os procedimentos no mesmo lugar.

Visite uma das nossas unidades e comprove. Além de sabermos muito de odontologia, somos especializados em recebê-lo bem e viabilizar a realização do seu tratamento.

> Para agendar uma avaliação ligue:
- Brasília (61) 3032-5666
- Goiânia (62) 3996-6666

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *