Conheça os tratamentos odontológicos da Vital Implantes

Tempo de leitura: 18 minutos

Cuidar da saúde bucal é cuidar da saúde como um todo! Por isso, é tão importante visitar o dentista regularmente e garantir um sorriso bonito e livre de doenças. Porém, é fundamental procurar uma clínica odontológica de qualidade, formada por especialistas, onde seja possível encontrar uma gama de tratamentos odontológicos.

Esse é o caso da Vital Implantes, com unidades em Brasília e Goiânia, que conta com profissionais experientes não somente em implantes dentários, mas também em diferentes especialidades, além de trabalhar com equipamentos tecnológicos e as melhores marcas de materiais, para oferecer um atendimento completo e de excelência.

Neste post, você encontrará todos os tratamentos odontológicos realizados pela Vital Implantes, que objetivam assegurar a saúde bucal, estética e bem-estar de seus pacientes. Acompanhe!

Ortodontia

A ortodontia trabalha para a correção do posicionamento dos dentes e ossos maxilares, e traz ganhos para a saúde bucal, sorriso e autoestima dos pacientes. O tratamento é feito com o aparelho ortodôntico, que promove a movimentação gradual dos dentes.

Quem tem dentes desalinhados não enfrenta problemas apenas na estética — pode ter mais dificuldades para realizar a limpeza bucal, o que contribui para o surgimento de cáries e até de quadros mais sérios, como a perda dental. Essa situação pode também atrapalhar a mastigação, ocasionando problemas na digestão.

O posicionamento incorreto dos dentes pode forçar ainda os músculos, gerando disfunções na ATM (articulação temporomandibular), o que pode causar dores de cabeça, pescoço e até nas costas.

Indicações

Viu só como é importante procurar tratamento ortodôntico? Veja a seguir quais as principais indicações:

  • apinhamento: são os dentes encavalados, quando um toma o lugar do outro;
  • diastema: espaço entre os dentes;
  • mordida aberta: é a falta de contato entre os dentes superiores e inferiores mesmo quando a pessoa está com a boca fechada. Se esse espaço for entre os dentes da frente, chama-se mordida aberta anterior, se for entre os do fundo, mordida aberta posterior;
  • mordida cruzada: quando a arcada superior se encaixa por dentro da inferior;
  • sobremordida: também chamada de mordida profunda, ocorre quando a arcada superior chega a cobrir totalmente a inferior;
  • desvio da linha mediana: assimetria das linhas medianas (linhas imaginárias verticais que passam entre os incisivos centrais).

Saiba que os tratamentos ortodônticos não são indicados apenas para crianças e adolescentes. Adultos de todas as idades podem se beneficiar com a correção do posicionamento dentário.

Além disso, até mesmo quem tem vergonha de usar aparelho — por conta dos fios e borrachinhas coloridas — pode fazer o tratamento, utilizando aparelhos mais discretos.

É o caso do aparelho estético, cujos componentes são transparentes, pois são feitos de cerâmica ou safira; o lingual, que é colocado na face interna dos dentes; e o transparente, que é praticamente invisível e tem ainda a vantagem de ser removível.

Restauração

Para lesões com cáries ou fraturas, como trincas ou dente quebrado, o indicado é fazer a restauração, procedimento que traz de volta a anatomia do dente, com sua forma e função natural. Após o preparo da cavidade dental, com a limpeza adequada, o dentista preenche o espaço com a restauração, que pode ser de dois tipos:

  • direta: o preenchimento é inserido e trabalhado diretamente na boca do paciente. O material mais utilizado é a resina e a indicação é para casos mais simples;
  • indireta: a peça que vai preencher a cavidade é feita em laboratório. O material mais utilizado é a porcelana e a indicação é para danos maiores ao elemento dental. É uma restauração com ótimo resultado estético e durabilidade.

Extração dentária

Existem algumas situações que exigem a extração dentária para não prejudicar a saúde bucal do paciente ou comprometer os outros dentes na arcada. No entanto, é preciso salientar que a retirada de um dente é a última alternativa adotada pelo dentista para tratar qualquer problema bucal.

Acompanhe abaixo os casos em que a extração pode ser necessária:

  • dentes do siso;
  • cáries muito extensas;
  • doença periodontal em estágio avançado — quando a infecção compromete a estrutura de sustentação do dente;
  • necrose pulpar — quando a infecção não foi contida com o tratamento de canal;
  • tratamento ortodôntico — quando é preciso mais espaço na arcada para fazer o posicionamento correto dos dentes;
  • fraturas que atingem as raízes;
  • dentes supranumerários — quando o paciente apresenta uma quantidade maior de dentes, o que pode provocar problemas na arcada.

Tratamento periodontal (gengiva)

Na Vital Implantes, você encontra especialistas em tratamento periodontal, ou seja, referente às gengivas e tecidos de sustentação dos dentes. Inclusive, quando pensam na saúde bucal, muitas pessoas só se lembram dos dentes, mas saiba que é importante manter também as gengivas e ossos saudáveis.

A doença periodontal atinge o periodonto — tecidos que fazem a fixação do dente ao osso. Ela pode chegar de mansinho e sem muito aviso, mas, quando está em estágio avançado, é bastante perigosa, pois pode atingir a estrutura de suporte do dente, ocasionando sua perda.

Causas

Esse problema pode ser causado por alguns fatores, como:

  • falta de higienização bucal adequada;
  • cigarro;
  • estresse;
  • diabetes;
  • artrite reumatoide;
  • gravidez.

Doenças periodontais

Veja a seguir as características das duas doenças periodontais, que exigem o tratamento especializado:

  • gengivite: gengivas sensíveis, inflamadas e que sangram com facilidade caracterizam o estágio inicial dessa infecção;
  • periodontite: quando a gengivite não é tratada, pode evoluir para um quadro mais sério, a periodontite, situação em que a infecção chegou na estrutura de sustentação dos dentes. Podem aparecer bolsas de pus, mau hálito e ocorrer a retração gengival.

Tratamento

O dentista deve ser procurado quando as gengivas estão sensíveis, para que ele faça a avaliação bucal, profilaxia e raspagem para retirar o tártaro — placa bacteriana endurecida. Em casa, o paciente deve ser disciplinado com a escovação, especialmente, quanto ao uso do fio dental.

Para a periodontite, além do exame clínico, o dentista realiza a radiografia para diagnosticar o problema. O tratamento é feito com o procedimento de raspagem, para acabar com a placa bacteriana e tártaro, e com o alisamento radicular, que é raspagem da raiz do dente para reduzir a inflamação e promover a cicatrização do tecido gengival.

O dentista pode ainda prescrever medicamentos para reduzir a dor e controlar a infecção.

Tratamento endodôntico

Quando se fala em endodontia, estamos nos referindo à especialidade que trata da prevenção, diagnóstico e tratamento de problemas que podem atingir a estrutura interna dos dentes, como a polpa, raiz e os tecidos periapicais (que envolvem a raiz).

Portanto, o especialista vai tratar de:

  • cáries profundas;
  • trincas e fraturas;
  • sensibilidade intensa.

Dessa maneira, o tratamento visa à prevenção de infecções graves, que podem provocar a necrose total e ocasionar a perda do dente. É o caso do tratamento de canal radicular, que faz a remoção total da polpa dentária, a limpeza e a desinfecção do canal dentário.

Muitos pacientes têm medo quando o assunto é tratamento de canal. Mas é importante saber que as técnicas estão bem avançadas, com procedimentos mais rápidos e mais tranquilidade ao paciente, garantindo uma boa saúde bucal sem a necessidade da extração dentária.

É importante procurar o endodontista em caso de dor de dente ou sensação de latejamento, para que o tratamento cesse a ação das bactérias. Além da perda do dente, você evita uma possível infecção sistêmica, ou seja, que atinja a corrente sanguínea e comprometa a saúde do organismo.

Blocos e coroas 

Os blocos e coroas de porcelana são utilizados para reabilitar a estética e a função de um dente que está com uma lesão grande de cárie ou fratura, casos em que a restauração simples não é eficiente.

Veja a seguir a indicação de cada um:

  • blocos: indicados para casos de comprometimento parcial da estrutura dentária;
  • coroas: para casos mais sérios, que exigem um reparo muito grande. As coroas são também utilizadas sobre implantes.

Para esse tratamento, o dentista realiza o preparo do dente e pode fazer a colocação desses materiais de duas formas diferentes. Uma dela é por meio de molde de gesso, com a confecção da peça em laboratório protético, o que exige mais de uma consulta para a finalização do procedimento.

Tecnologia CEREC

Outra alternativa é com o uso da tecnologia 3D — o profissional utiliza um scanner intraoral, que faz a captura das imagens da boca do paciente e envia para o computador. O software cria um molde mais preciso, de acordo com as características e coloração dos outros dentes.

Essa tecnologia, chamada de CEREC, você encontra na Vital Implantes. O tratamento é realizado de forma mais rápida (uma consulta), mais precisão e ainda permite ao paciente conhecer o resultado previamente.

Implante dentário

Um dos tratamentos odontológicos que mais evoluem é, sem dúvida, o de implantes dentários. Esses dispositivos transformam a vida de pacientes que perderam ou extraíram um ou mais dentes, pois têm as mesmas características de um dente natural.

Dessa maneira, a pessoa pode sorrir, conversar e se alimentar com segurança, além de recuperar a estética, o que traz ganhos para os relacionamentos e até na vida profissional. É, portanto, um tratamento que vai muito além da saúde bucal, pois melhora a autoestima das pessoas.

O implante é constituído por um pino de titânio, que fica fixo ao osso da mandíbula ou maxilar, e funciona como a raiz dentária e pela coroa, que é colocada sobre esse pino e funciona como o dente. Além de resistência e durabilidade, esses dispositivos são biocompatíveis e, com isso, as chances de o organismo rejeitar são extremamente baixas.

Clínica especializada

Esse tratamento se tornou bastante acessível, porém, é importante que o paciente procure clínicas especializadas em implantodontia, como é o caso da Vital Implantes. Isso porque é um procedimento delicado, feito de forma cirúrgica, e que exige experiência e uso de materiais de alta qualidade.

Enxerto ósseo

Já que estamos falando sobre implantes, é importante explicar que, em alguns casos, pode ser necessária a cirurgia de enxerto ósseo antes da colocação do dispositivo. Por meio da avaliação bucal e radiografias, o dentista verifica a condição da estrutura óssea do paciente.

Se a quantidade de massa óssea não for suficiente ou se essa estrutura se mostrar enfraquecida, é necessário fazer o enxerto ósseo e, assim, garantir o suporte para o implante. Isso porque, somente nas condições adequadas, é possível ocorrer a osseointegração, ou seja, a fixação do pino no osso.

Mas, mesmo nessas situações, o paciente não precisa se preocupar. A cirurgia é simples, o que muda é o tempo de finalização do tratamento de implante dentário, que se estende por um período maior.

O dentista pode aumentar a altura ou espessura do tecido ósseo com o enxerto, que pode ser feito com parte do osso de outra região do corpo do próprio paciente ou de material sintético. Em cerca de 6 meses, o enxerto consegue formar um novo osso e está pronto para receber o implante dentário.

Protocolo sobre implante

Um dos tipos de implante dentário é o protocolo sobre implante, que possibilita a reabilitação da arcada dentária por meio de um dispositivo estável, ao contrário das próteses móveis ou dentaduras.

Feita de acrílico ou porcelana, a prótese tipo protocolo é fixada sobre 4 a 6 implantes na arcada superior ou inferior. Os pinos de titânio fazem, então, a sustentação da peça. O tratamento inclui a cirurgia para a colocação dos implantes e, após o processo de osseointegração, que varia de paciente para paciente, o dentista fixa a prótese protocolo depois de realizar todos os ajustes de altura, tamanho e formato dos dentes.

Para o paciente, é vida nova: garante que a mastigação e a fala ocorram normalmente, traz segurança e melhora a autoestima. Além disso, diminuem os incômodos por problemas de encaixe tão comuns nas dentaduras.

O único cuidado é com a limpeza bucal adequada, visto que a prótese é fixa e os dentes ficam conectados, o que facilita a adesão dos restos de alimentos.

Prótese overdenture

Na Vital Implantes, você encontra ainda outro tipo de implante — a prótese overdenture, indicada para quem perdeu todos os dentes e não quer ter o desconforto de usar a dentadura.

Conhecida como sobredentadura, essa prótese é fixada em 2 ou 4 implantes dentários, na arcada superior ou inferior. Apesar disso, ela conta com um sistema de encaixe, ou seja, pode ser retirada pelo paciente, o que facilita o momento de higienização.

É o modelo ideal para pessoas que têm pouca estrutura óssea e têm mais dificuldades de fazer a limpeza adequada de uma prótese fixa. Ela tem a base confeccionada em acrílico e os dentes podem ser feitos em porcelana, garantindo um sorriso natural ao paciente.

O tratamento é realizado com a colocação dos pinos de titânio e uma barra com clipes que vão garantir a melhor fixação da prótese. Dependendo das condições de saúde bucal do paciente, todo esse procedimento pode ser feito em apenas um dia.

Prótese total convencional

Quem precisa fazer a extração de todos os dentes e vai utilizar uma prótese removível pode se beneficiar do uso da prótese total convencional. Nesse tratamento, os dentes remanescentes são extraídos e, somente após o período de cicatrização — que pode variar de acordo com as condições de saúde de cada paciente — é colocada a prótese total.

Planejamento

Exige um planejamento minucioso do dentista e protético para a confecção de dentes que se harmonizem com a face do paciente. Nessa etapa, pode ser interessante mostrar fotos antigas, com os dentes naturais, para que se obtenha um resultado que traga satisfação.

A prótese total é feita de uma base acrílica que segue a cor da mucosa da boca e fica apoiada sobre a gengiva. Na arcada superior, cobre todo o palato (céu da boca). Na inferior, tem a forma de uma ferradura, para acomodar a língua.

Higienização

É importante que o paciente seja bastante cuidadoso com a higienização da prótese, fazendo a escovação após as refeições para evitar problemas de saúde bucal. É indispensável também fazer visitas regulares ao dentista.

Prótese total imediata

No caso da prótese total imediata, o dentista tira as medidas e faz os moldes da arcada do paciente antes da extração e/ou cirurgia. Assim, logo que os dentes são retirados, ele já coloca essa peça.

Para os pacientes, há a vantagem estética e funcional de não ficarem sem os dentes. No entanto, como o osso pode modificar no processo de cicatrização, é importante que o dentista faça ajustes periódicos, para que a prótese fique adequada à boca do indivíduo, tenha estabilidade, não atrapalhe a mastigação ou fala, ou cause aftas ou machucados.

Prótese parcial removível

A prótese parcial removível é indicada para pacientes que perderam mais de um dente. Ela é formada por uma armação metálica e fica apoiada sobre os dentes naturais ou sobre coroas. O objetivo é devolver a aparência e funcionalidade para a arcada, o que contribui para a saúde bucal, saúde geral do organismo e também para o psicológico do indivíduo.

A prótese é confeccionada após a moldagem da arcada do paciente e passa por uma série de ajustes para que se adapte perfeitamente e não comprometa a fala e a mastigação.

Clareamento dental

Por conta da alimentação ou alguns hábitos, os dentes tendem a ficar mais escurecidos, o que incomoda muitas pessoas e pode até mesmo passar a ideia de desleixo com a saúde bucal. Por isso, um dos tratamentos odontológicos bastante procurados porque melhoram a estética do sorriso é o clareamento dental.

Existem duas formas de fazer esse tratamento:

  • consultório: o dentista utiliza um gel à base de peróxido de hidrogênio ou carbamida, que tem o poder de quebrar as moléculas dos pigmentos, modificando a tonalidade dos dentes. Para potencializar a ação da substância, o profissional pode ainda utilizar o laser;
  • em casa: com a orientação e moldes personalizados pelo dentista, o próprio paciente faz a aplicação do produto na concentração e tempo indicados. Nesse processo, os resultados demoram mais tempo para aparecer.

É importante salientar que esse procedimento deve ser feito sempre com a supervisão do dentista especializado, que saberá utilizar a concentração adequada do produto, garantindo a segurança do paciente, bem como um resultado natural para o sorriso.

Indicações

O clareamento dental pode solucionar ou atenuar os seguintes casos:

  • manchas causadas por alimentos, como café, vinho, beterraba ou corantes;
  • dentes amarelados pelo cigarro;
  • dentes que passaram pelo tratamento de canal e ficaram mais escuros;
  • mudança da tonalidade dos dentes por conta da idade;
  • dente escuro em consequência de um trauma;
  • falta de higienização bucal adequada, o que escurece o sorriso.

Lentes de contato dental e facetas de porcelana

Para corrigir imperfeições no sorriso, os pacientes podem fazer o tratamento com as lentes de contato dental ou facetas de porcelana. Trata-se de laminados ultrafinos, resistentes e duráveis, que recobrem os dentes anteriores.

Eles garantem um sorriso alinhado e natural, porque a porcelana apresenta a mesma tonalidade e brilho do esmalte dentário. Não é por acaso que os tratamentos odontológicos com esses laminados são os queridinhos das celebridades que querem exibir um sorriso perfeito.

Para garantir um resultado de qualidade, é importante que esses procedimentos sejam feitos por especialistas em dentística, que sabem como fazer o melhor planejamento e modelos que se harmonizem com a face do paciente.

Acompanhe a seguir as características e indicação de cada material:

  • lente de contato dental: confeccionada em impressora 3D, com espessura de 0,2 a 0,4 mm e, para sua colocação, o desgaste nos dentes é mínimo. É indicada para pequenos espaços entre os dentes (diastemas), aumento da largura ou comprimento dos dentes, correção de contornos e pequenos desgastes;
  • faceta de porcelana: apresenta espessura de 7 mm e exige um desgaste maior nos dentes para sua fixação em relação às lentes de contato dental. É indicada para dentes irregulares, grandes restaurações, desalinhamento dentário, dentes escurecidos, redução ou fechamento de diastemas, correção de fratura, entre outros casos.

Com uma equipe de profissionais de diferentes especialidades, a Vital Implantes é referência em tratamentos odontológicos. Além de dentistas experientes, o paciente tem à sua disposição atendimento de excelência, equipamentos tecnológicos, materiais de alta qualidade e uma infraestrutura completa para os mais variados casos.

Comece agora mesmo a cuidar da sua saúde bucal e viva melhor! Entre em contato conosco e agende uma consulta — nossos horários são flexíveis para se adequar à sua rotina!

Sobre Dr. Francisco

Dr. Francisco de Oliveira Castro
Dentista avaliador na clínica Vital Implantes.
CRO-DF 9447
Graduado em 1997 pela FELA-INCA/UEMG;
Pós-graduando em Implantodontia na EAP-ABO de Campo Belo - MG.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *