Como escolher um dentista para implante em Brasília? Confira 5 dicas

Tempo de leitura: 6 minutos

Escolher um profissional da saúde nunca é uma tarefa simples, e com os dentistas isso não é diferente. É preciso garantir que o escolhido seja um especialista na área e tenha conhecimentos suficientes sobre técnicas diferentes para oferecer o melhor tratamento. E, além disso, ainda trate você bem, seja gentil, atencioso e esteja disposto a fazer o melhor para o seu caso.

Se você precisa realizar um implante dentário, essa escolha adequada é ainda mais importante, afinal nem todos os dentistas têm especialização na área — e o resultado dessa falta de prática poderá ser danoso a sua saúde, com problemas de mordida, desconforto com os implantes e até questões mais graves envolvendo os dentes adjacentes e as partes moles da boca, como a língua e a gengiva.

Justamente por isso, nós montamos este conteúdo bem completo com várias dicas sobre como escolher um dentista. Confira!

1. Peça por referências

Hoje, com a internet e os vários planos odontológicos, encontrar um dentista não é mais uma tarefa tão complicada. Porém, com tantos profissionais, como saber quais deles oferecerão o melhor tratamento?

Conversar com parentes e amigos ainda é uma dica importante, buscando por referências e analisando as experiências boas e as não tão boas assim que eles tiveram. Mas, além dessas pessoas, você também poderá usar a internet a seu favor.

Buscar em sites específicos, como o Reclame Aqui, pode ser uma boa ideia. Assim, você poderá saber se outras pessoas já tiveram problemas com o profissional em questão. As redes sociais também são extremamente úteis, já que hoje muitos dentistas e clínicas têm páginas nessas mídias.

Nesse último caso, tente analisar as avaliações de outros usuários e também os comentários, prestando atenção se as reclamações são recorrentes, se o profissional ou a clínica buscam responder e resolver esses casos e as análises positivas.

Caso você esteja de mudança para outra cidade, pergunte ao seu dentista atual se ele conhece outro profissional na nova cidade e peça por recomendações.

2. Certifique-se de que o profissional é especialista em implantes

Como dissemos na introdução deste artigo, nem todos os dentistas são habilitados e certificados para realizarem implantes. Nesses casos, é fundamental que o dentista tenha certificação em implantodontia. Assim, quando estiver fazendo as suas buscas, procure saber corretamente a formação e a experiência do profissional.

Analise há quanto tempo ele atua na área, quantos anos já realiza implantes, quais técnicas ele usa, se realizou cursos de atualização e de extensão, entre outros. Quanto mais credenciado for o profissional, maiores serão as chances de um tratamento bem-sucedido.

Você pode começar a sua pesquisa pelo site do Conselho Regional de Odontologia de Brasília (CRO), entrando em contato para saber se o profissional em questão é realmente certificado em implantodontia.

3. Analise a ética do profissional

Como em todas as profissões, a odontologia também tem o seu próprio código de ética, que regulamenta as ações que os dentistas podem ou não tomar. Alguns pontos que não são permitidos pelo código de ética no que diz respeito à publicidade são:

  • fazer propagandas com imagens de antes e depois, com preços e serviços gratuitos, modalidades diferenciadas de pagamento ou outros que podem “ludibriar” o paciente;
  • realizar a divulgação e oferecer serviços odontológicos por meio de cartões de desconto, sites promocionais ou de compras coletivas, caixas ou carros de som, entre outros.

Se o dentista que você está pensando em visitar não respeita o código de ética da própria profissão, será que ele realmente será um bom profissional e se preocupará com a conduta adequada dentro do seu consultório?

4. Fique atento à primeira consulta

A primeira consulta é muito importante e faz parte de uma das dicas primordiais sobre como escolher um dentista. Afinal, esse será o seu primeiro contato com o profissional e a clínica em questão, e por isso você deverá ser bastante criterioso.

Sobre a clínica existem alguns pontos que você poderá analisar, como:

  • a localização e a facilidade de acesso;
  • a cordialidade dos funcionários;
  • a limpeza e a comodidade do ambiente;
  • a presença de outros profissionais ou de serviços adicionais, como laboratório de próteses, de radiologia etc.

Na hora da consulta com o dentista, também existem algumas questões que precisam de maior atenção, como:

  • a atenção e o respeito do profissional;
  • o exame e a análise do seu caso;
  • as explicações, sugestões de tratamento e solicitações de exames;
  • a explicação sobre os preços e pagamentos;
  • a pontualidade;
  • o respeito às normas de biossegurança, com presença de autoclave e de materiais esterilizados corretamente.

Converse bastante com o dentista e busque saber se ele passa confiança sobre o seu tratamento e sobre as técnicas que poderão ser usadas, ou se o profissional apenas parece interessado em “fechar mais um negócio”, se vendendo em vez de se dedicar ao seu problema.

Caso você tenha algum problema de saúde, dúvidas sobre o tratamento ou, até mesmo, medo de dentista, esse é o momento certo para abordar essas questões e analisar a postura do profissional diante deles.

Durante o exame básico, confira se o dentista é cuidadoso e atencioso e vai além das suas queixas, examinando toda a sua boca e também fazendo uma análise facial e funcional, avaliando a musculatura do seu rosto, da ATM e checando problemas de mordida.

Outro ponto importante é a solicitação de exames. Afinal, é só a partir deles que o dentista poderá entender melhor o seu caso e propor o tipo de implante que será mais adequado, definir o tempo de tratamento e assim por diante. Embora seja possível ter uma ideia inicial apenas com uma análise menos profunda, é fundamental que o dentista solicite mais exames antes de propor um tratamento (e um preço) a você.

5. Busque por outros profissionais

Muitas vezes pode ser importante ter mais de uma opinião, principalmente no caso dos implantes dentários, que são técnicas mais diferenciadas. Se você não se sentiu muito seguro com a avaliação do dentista ou se deseja buscar mais informações, não tenha receio de visitar outros dentistas.

A partir dessas consultas, você poderá analisar e comparar a postura dos profissionais, as técnicas sugeridas, os exames solicitados, o tempo total de tratamento e outras informações que você julgar importante.

Lembre-se, contudo, que na hora de escolher um dentista, além de todas as certificações, é importante sentir-se confortável e seguro, confiando no profissional escolhido e nas opções de tratamento que ele oferecer. Por isso, não desconsidere pontos como: atenção, respeito, pontualidade, cordialidade, entre outros — que são essenciais a qualquer bom profissional da saúde.

E então, gostou das dicas de como escolher um dentista? Se você reside em Brasília, que tal conhecer o nosso trabalho? Entre em contato agora mesmo e agende uma avaliação.

Sobre Dr. Francisco

Dr. Francisco de Oliveira Castro
Dentista avaliador na clínica Vital Implantes.
CRO-DF 9447
Graduado em 1997 pela FELA-INCA/UEMG;
Pós-graduando em Implantodontia na EAP-ABO de Campo Belo - MG.

1 Comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *