Afinal, vale a pena usar aparelho ortodôntico mesmo quando adulto?

Tempo de leitura: 6 minutos

Essa é uma dúvida muito comum em pessoas adultas, principalmente entre aquelas que já passaram dos 30 anos. E há vários motivos para isso, que vão desde a insegurança quanto aos resultados do tratamento até o desconforto de ter que exibir um “sorriso metálico”.

Muitos acham que o aparelho ortodôntico deixa quem o usa com aparência de adolescente. E os que já estão inseridos no mercado de trabalho e têm uma carreira a zelar nem sempre estão dispostos a isso. Mas, mesmo assim, há um número crescente de adultos com o aparelho nos dentes.

E não é para menos, já que são observados benefícios tanto para a saúde bucal quanto para a autoestima, pois o sorriso fica mais bonito e harmônico. No post de hoje, vamos esclarecer as principais questões da geração madura quanto ao uso do aparelho dentário. Confira!

Não existe limite de idade para o tratamento ortodôntico

É normal, hoje em dia, pessoas usarem aparelho depois dos 30, 40 e até 50 anos. Isso porque não existe uma idade limite para fazer o tratamento, e mesmo idosos podem usar aparelho ortodôntico.

Ainda que indivíduos dessa faixa etária fiquem inibidos ao exibir um “sorriso metálico”, nunca é tarde para ter dentes bonitos e bem alinhados.

Além disso, a expectativa de vida da população em geral é de 75 anos. Portanto, se for para viver mais, que seja de uma forma mais bonita, não é mesmo?

O aparelho ortodôntico melhora o sorriso e a saúde bucal

Os benefícios do aparelho ortodôntico vão muito além da estética. Pessoas com dentes desalinhados têm dificuldades na hora de mastigar, falar e até mesmo respirar.

O desalinhamento dos dentes prejudica, ainda, a higienização bucal, o que favorece o aparecimento de cárie, tártaro e problemas na gengiva. Veja quais complicações na saúde bucal são corrigidas com o aparelho ortodôntico:

  • dentes apinhados ou encavalados — ocorre quando saem da posição correta. Os dentes encavalados podem acumular restos de alimentos, como citamos anteriormente, causando problemas bucais;
  • diastema — acontece quando os dentes têm um espaçamento muito grande entre si;
  • mordida aberta — é observada quando existem espaços entre os dentes inferiores e superiores;
  • mordida cruzada — ocorre quando os dentes superiores ficam dentro dos inferiores ao morder;
  • mordida profunda — é caracterizada por dentes superiores cobrindo os inferiores, impedindo sua visualização;
  • mandíbula desalinhada — o centro da arcada superior (linha mediana) não está alinhado com o centro da arcada inferior;
  • dentes grandes — corresponde a quando os dentes anteriores da arcada dentária superior ficam bem à frente dos inferiores.

A correção desses problemas, além de deixar o paciente com um sorriso bonito, melhora a autoestima, pois ele perderá a vergonha de sorrir. E isso favorece as relações sociais, pois a pessoa se sente mais segura de sua própria aparência.

O tempo de tratamento não é alterado

Quem decide usar um aparelho dentário na vida adulta escuta diversas histórias, como: “o tratamento ortodôntico para adultos é mais demorado” ou “a dor é maior do que em crianças e adolescentes”. Isso é balela, conversa de quem não entende nada do assunto.

Afinal de contas, o que determina o tempo de uso do aparelho são o nível de desalinhamento dentário e as condições de movimentação. E isso não tem nada a ver com idade.

Aliás, a cooperação do paciente também influencia no tempo de tratamento — e adultos são mais propensos a colaborar do que crianças e adolescentes. Por isso, muitas vezes o processo pode ser até mais rápido.

Quanto à dor: ela é a mesma em qualquer idade. E, com aparelhos cada vez mais modernos, o incômodo costuma ser bem reduzido em todos os casos. Então, não se preocupe, porque você não vai sentir mais dor do que seu sobrinho adolescente quando usar o aparelho.

Há diversas opções de modelos mais discretos

Outro item que preocupa bastante as pessoas na hora de usar o aparelho metálico é a famosa borrachinha colorida. Se ela faz sucesso entre os adolescentes, com os adultos não é bem assim. Grande parte deles não gosta do visual chamativo gerado pelos acessórios.

Mas, felizmente, existem diversas alternativas para esse público. Vamos a elas:

Aparelho invisível

O aparelho invisível é semelhante àquelas placas de clareamento dentário, porém é mais rígido, pois tem a finalidade de movimentar os dentes. Bem discreto, seu uso é quase imperceptível e, ainda, proporciona resultados satisfatórios.

Além disso, ele é removível. Portanto, pode se retirado na hora da alimentação e da higienização bucal. Trata-se de uma boa alternativa para quem precisa corrigir pequenos desalinhamentos, mas de forma bem discreta.

Aparelhos transparentes

Os aparelhos de safira ou porcelana são semelhantes ao modelo convencional (porém bem mais estéticos). Eles são fixos, mas seus bráquetes são confeccionados em porcelana, o que deixa uma aparência mais agradável.

Esses aparelhos dispensam o uso das borrachinhas coloridas e o tempo de tratamento é idêntico ao modelo convencional. O de safira é o mais discreto entre os dois e proporciona resultados melhores do que o de porcelana comum.

Aparelho lingual

É semelhante ao convencional metálico, mas é instalado na parte interna da arcada dentária. Dessa forma, fica totalmente invisível aos olhos de outras pessoas. 

A desvantagem desse aparelho é que sua higienização se torna um pouco mais complicada, mas, em compensação, o tratamento tem discrição total.

Aparelho autoligado

Por fim, temos o aparelho ortodôntico autoligado, que também é uma boa alternativa para adultos. Ele é semelhante ao modelo metálico, mas dispensa o uso das borrachinhas coloridas, pois o fio metálico é preso nos bráquetes.

Além de ser mais estético, o autoligado ainda proporciona resultados mais rápidos do que os outros modelos de aparelho. Além disso, há as versões em porcelana e safira.

Viu só como usar aparelho ortodôntico na idade adulta não é nenhum problema? Mas lembre-se de procurar profissionais qualificados antes de optar por qualquer modelo citado acima. Apenas o dentista pode te indicar a melhor solução para o seu caso.

Gostou do post e quer ler outros conteúdos bacanas como este? Assine nossa newsletter e receba novidades quentinhas em seu e-mail!

Sobre Vital Implantes

O lugar certo para cuidar do seu sorriso!

Especializada em Implantes Dentários, a Vital se notabilizou por viabilizar a execução deste procedimento, até mesmo para aquelas pessoas que jamais imaginaram serem capazes de realizá-lo.

Como adquire sempre uma grande quantidade de Implantes, a Vital tem uma condição especial junto às melhores fabricas e essa mesma condição é transferida ao paciente durante a negociação do seu plano de tratamento. Dá até pra dizer que só não faz o tratamento, quem não quer.

Além de só trabalharmos com as melhores marcas de Implantes, nosso corpo clínico é formado apenas por mestres e especialistas. Dessa forma, conseguimos duas coisas muito boas: reduzimos o tempo de execução e aumentamos a qualidade do tratamento.

Claro que não fazemos apenas Implantes dentários. Temos especialistas nas áreas de periodontia, endodontia, demais cirurgias, ortodontia, prótese e dentística. Dá para fazer todos os procedimentos no mesmo lugar.

Visite uma das nossas unidades e comprove. Além de sabermos muito de odontologia, somos especializados em recebê-lo bem e viabilizar a realização do seu tratamento.

> Para agendar uma avaliação ligue:
- Brasília (61) 3032-5666
- Goiânia (62) 3996-6666

2 Comentários

  1. iedo dias

    Já fiz implante na parte superior ágora quero fazer um na parte inferior

    Responder
    1. Vital Implantes

      Olá Iedo
      Poderia, por gentileza, agendar um horário ligando para um dos fones abaixo?
      Fique tranquilo, acharemos uma forma de você fazer seu tratamento.
      Brasília 061-3032-5666
      Goiânia 062-3996-6666
      Um abraço!

      Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *