5 principais indicações do preenchimento na odontologia

Tempo de leitura: 6 minutos

Os tratamentos odontológicos possibilitam que qualquer pessoa tenha um sorriso saudável e bonito, o que contribuiu significativamente para a valorização da aparência. E em conjunto com os tratamentos tradicionais, o paciente pode optar pelo preenchimento na odontologia.

Essa é uma técnica complementar que ajuda a melhorar o aspecto da pele e valorizar contornos faciais e labiais, além de possuir aplicações terapêuticas. É um dos procedimentos que profissionais da odontologia podem oferecer em suas clínicas para um tratamento completo a seus pacientes.

Neste post, vamos falar sobre o procedimento de preenchimento facial com ácido hialurônico. Você saberá exatamente do que se trata e conhecerá os tipos de aplicações existentes e suas indicações. Continue a leitura!

O que é o preenchimento na odontologia

O corpo humano produz várias substâncias que são responsáveis por manter a saúde da pele e outros tecidos. Elas também garantem a jovialidade das células, mas com o passar do tempo, naturalmente, o organismo produz quantidades menores delas.

Uma dessas substâncias é o ácido hialurônico, encontrado principalmente na pele, nas articulações e nos tecidos conjuntivos. Suas funções são:

  • manter a hidratação da pele;
  • garantir elasticidade para o tecido;
  • conservar a tonicidade.

Além disso, esse ácido possui propriedades cicatrizante, antibacteriana e anti-inflamatória. Mas apesar de todos os benefícios, essa substância está entre aquelas que o corpo reduz a produção.

As consequências dessa redução são o aparecimento de linhas de expressão na face, rugas, perda de tecido ósseo e retração da gengiva. Então, a aparência se torna mais cansada e envelhecida, mas é possível reverter esse processo com o preenchimento do ácido hialurônico.

Esse procedimento se trata da aplicação de injeções contendo ácido hialurônico nos locais onde se deseja fazer as correções. Embora os resultados estéticos sejam bastante atrativos para quem deseja reverter os sinais do tempo, essa técnica também tem aplicações terapêuticas.

Tipos e indicações de preenchimento com ácido hialurônico

Como dito, o preenchimento na odontologia com ácido hialurônico tem finalidades estéticas, mas também é utilizado como forma de tratamento para certos problemas, como na retração gengival, no sorriso gengival e para regeneração tecidual.

Com isso, a técnica pode ser utilizada de várias maneiras e, em função dessa versatilidade, existem tipos de indicações diferenciados do preenchimento na odontologia. E mesmo para quem deseja a aplicação do ácido para amenizar rugas, esse tratamento pode ser feito no consultório odontológico.

Veja a seguir os tipos de preenchimento que existem e suas indicações na odontologia:

1. Preenchimento labial

Com o avanço da idade, os lábios envelhecem, e a ação do tempo sobre seus tecidos é responsável por provocar a perda do formato labial e ainda o seu volume.

O preenchimento labial com ácido hialurônico ajuda a repor essa substância devolvendo a jovialidade aos lábios, valorizando o seu formato. O resultado é uma boca definida e com aspecto mais jovem.

2. Preenchimento de triângulos negros na gengiva

Os triângulos negros (ameias) são pequenos espaços que se formam entre os dentes, bem próximos à gengiva. Eles são resultado do formato natural dos dentes ou de problemas como a retração gengival e doenças periodontais. Também podem se formar após o tratamento ortodôntico ou de implantes dentários.

O ácido hialurônico é utilizado para corrigir esses triângulos, preenchendo o espaço com tecido gengival. A injeção é aplicada na papila gengival (ponta final da gengiva entre dois dentes), estimulando o tecido a ocupar esse vão.

3. Suavização de rugas nasogenianas

As rugas nasogenianas são aquelas que se iniciam no nariz e seguem até os cantos dos lábios. Elas também são chamadas de bigode chinês e ainda de rugas ou linhas do sorriso. Isso porque aparecem exatamente onde os músculos se contraem ao sorrir.

Essas linhas de expressão podem ser corrigidas com o preenchimento na odontologia à base de ácido hialurônico, que é aplicado exatamente no sulco. O ácido o preenche e a pele volta a ficar lisa e sem marcas.

4. Suavização de rugas periorais

Com o passar do tempo, outras rugas que surgem são aquelas ao redor dos lábios. Elas são pequenas linhas na posição vertical que envelhecem bastante a aparência.

Essa região pode ser tratada com o preenchimento na odontologia, suavizando as marcas e deixando a pele rejuvenescida. Assim como para tratar as rugas nasogenianas, o ácido hialurônico vai preencher o sulco e eliminar o vinco.

5. Regeneração tecidual

Como dito, o ácido hialurônico tem propriedade cicatrizante, então, ele também é utilizado para auxiliar na regeneração tecidual. E isso é complementado por sua ação anti-inflamatória e por prevenir contra a proliferação de bactérias.

Nesse caso, ele é aplicado após a extração de dentes, a colocação de implantes e na realização de tratamento ortodôntico. Nessas situações, é comum que exista a perda de tecido gengival e ósseo. A substância vai ajudar esses tecidos a se recomporem e acelerar sua regeneração.

Informações importantes sobre esse tratamento

Uma das preocupações dos pacientes sobre a aplicação do ácido hialurônico é se o procedimento é ou não doloroso. A respeito disso, é válido saber que o preenchimento na odontologia não causa dor nem efeitos colaterais, e ainda é utilizada uma anestesia tópica para que o paciente nem mesmo sinta a picada da agulha.

Por isso, é um tratamento seguro que não exige repouso, pois é minimamente invasivo e requer apenas alguns cuidados simples que o profissional indicará. De toda forma, ele não é indicado para mulheres gestantes ou lactantes nem para quem apresenta problemas como infecções e inflamações na área a ser tratada.

Também é preciso lembrar que a aplicação do ácido não é definitiva. Com o tempo, o corpo absorve a substância e ela deixa de fazer efeito. Então, é necessário refazer o preenchimento a cada 6 ou 8 meses ou conforme indicação do profissional.

O preenchimento na odontologia ajuda a complementar os tratamentos que focam na saúde e aparência dos dentes. Com ele, valorizamos os lábios e o rosto, corrigindo assimetrias e características que possam interferir na harmonia do visual. Por isso, esse tratamento oferece vantagens estéticas e funcionais, que melhoram a autoestima e a saúde bucal do paciente.

Quer saber mais sobre o preenchimento facial e como ele pode lhe ajudar? Então, entre em contato com a Vital Implantes e converse com nossos especialistas!

Sobre Dr. Francisco

Dr. Francisco de Oliveira Castro
Dentista avaliador na clínica Vital Implantes.
CRO-DF 9447
Graduado em 1997 pela FELA-INCA/UEMG;
Pós-graduando em Implantodontia na EAP-ABO de Campo Belo - MG.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *